15 de mai de 2013

Illustrating My Life

Yooo' Mina-san,Eu aqui \o/


Aloha cachicolzinhos, como o título diz, illustrating my life, traduzindo ao pé da letra , ilustrando a minha vida, bom imagino eu que alguém aqui assisti vídeos na youtube e segue alguns canais certo? então la não esta rolando aquilo de draw my life, então e mais ou menos isso, a diferença e que usamos gifs ou imagens pra ilustra... Bom quando recebi essa tag eu ate pensei "ó as ideias ta com inveja dos vlogueiros" mas depois percebi que não, que até parece ser legal e tals , então eu decidir conta toda a minha vida pra vocês, e falando nisso, eu também estava pensando se aceitava ou não porque, eu só tenho 16 anos que vida eu tenho né? mas como eu vi gente de 11 anos fazendo,então vou fazer u.u , mas antes as informações da tag... 


Regras:

~Escrever quem criou a tag
~Escrever quem te enviou a tag
~Passar pra 5 ou mais essa tag

Quem criou: Gomy kawaii
De quem eu recebi: Blog Bolinho de Arroz

Vou passar para:
Sim só escolhi três blogs, não é que eu esqueci de outros, eu só quis escolher mesmo esses três blogs , Agora vamos começar essa bodega mas que merd# eu acabei de falar? '-' 


Bom voltando 16 anos atras, bem no dia 27/02/1997 nasce eu obvio, desde pequeno eu sempre fui muito calmo, era tão calmo que com 3 anos eu fiz a grande arte de me jogar de cabeça na escada, e com isso ganha uma linda cicatriz no nariz, bom como eu era o primeiro filho minha mãe ficou tipo "meu deuuuus", mas não acabou ai, quando fiz 5 anos de idade eu brincando no quintal de casa eu desloquei meus dois pulsos, bom na logica eu deveria ter morrido eu acho '-', mas eu to aqui, e desde então eu consigo estalar os pulsos e da hora kkk'



Ainda com meus 5 anos eu sentia meio que uma inveja dos meus amigos da rua, porque todos eles tinham irmãos, ai sempre que eu queria brinca era meio que "não dá vou brinca com meu irmão" e isso me deixava meio triste, e naquela idade eu ainda acreditava na cegonha então sabe como é né crianças, a cegonha existe u.u . Ai como toda criança ingenua eu pergunte "pow mãe por que não posso ter um irmão?" meu vocabulário bem ampliado né, então minha mãe explicou, melhor mentiu dizendo que não era fácil assim ter irmãos e tals, então eu ficava meio deprimido, então como não tinha amigos, decidir cria meu amigo imaginário, Tech, Bom Tech era melhor que qual quer um, sempre concorda com as minhas brincadeiras e nossos roteiros pra guerras de bonequinhos sempre era os melhores... Mas quando completei 6 anos ele sumiu... seria da hora reencontra o tech, então voltei aquela vida chata, ate dia 03/03/2004, quando minha mãe foi pro hospital, eu era meio burro e não percebi a barriga da minha mãe  e um tempo depois meu pai foi mostra meu irmão, o Dudu... No começo não vou mentir que sentia muita inveja dele, porque todos ficavam em cima dele e ninguém me dava atenção, acho que quem tem irmão mais novo sabe do que eu to falando, e pra mim vingar toda vez que a minha mãe mandava eu olhar meu irmão eu deixava ele rolar pela cama e cair no chão, então assim desperta meu lado malvado hoho não só idiota mesmo


E quando eu falei do lado malvado, eu não estava brincando, por eu não ter atenção dos meus pais, eu comecei a ser tipo aquele aluno odiado da sala, toda reunião tinha reclamação minha, eu brigava com todo mundo e não andava em grupo fazendo assim, os que andavam querer brigar comigo, mas uma coisa se destacava em mim, eu brigava muito porém era também um dos melhores alunos na sala quando se falava em nota, mas isso não fazia a professora sentir pena de mim, e nessas horas que eu me comparo com o Okumura Rin, eu era chamado de filho do capeta toda hora, porque eu mordia as crianças, eu puxava cabelo ate corta eu já cortei, tudo que pudesse diminuir a minha raiva ou agustia, tudo pra quando eu chegasse em casa eu pudesse ser gentil com meu irmão. Porque quando fiz 7 anos eu comecei a entender que ele não tinha culpa disso, de ele ter atenção, e com isso comecei a para de fazer coisas erradas, mas aqueles que eu batia se revoltaram e decidiram briga comigo, e eu acabei machucando um serio, então conheci o inferno...


Dos meus 7 aos meus 8 anos, foram os anos mais puxados da minha vida, porque meus pais me mandaram pro colégio militar. Sim eu já conheci o colégio militar e não eu não sou uma pessoa responsável. Bom assim que cheguei lá, no ônibus indo pra lá eu conheci a minha turma, eu realmente fiquei feliz, porque conheci pessoas como eu, meio perturbadas, mas a minha alegria acabou quando o ônibus parou, e subiu um cara baixinho mas bem forte é careca, ate hoje não esqueço o nome dele "Senhor Borges" ele foi o motivo de eu quase nunca dormi, Mesmo ele tendo o mesmo sobrenome que o meu ele nunca pegou leve, no primeiro dia ele mandou a gente fazer uma fila, e com o dedo ele foi escolhendo quem ele mandava de volta pra casa e quem iria sofre na mão dele durante um ano ou mais, e claro eu fui um deles, tipo ele escolheu os piores dos piores. Mas não vou chegar e dizer que e totalmente ruim e tals, eu tive boas lembranças de lá, e claro todas elas ele não estava presente, pra vocês terem uma ideia no primeiro dia ele mandou todos os garotos ficarem em pé durante 3 horas na chuva... Não vou mentir e uma doutrina bem severa, mas vale a pena, hoje eu consigo ficar perdido em uma floresta e ainda sobreviver. bom não era um colégio militar. Era tipo um acampamento de ferias, só que era muito puxado. Ai eu sempre digo que era colégio militar.


Com 9 anos, minha mãe me tirou daquele lugar, Bom ai vocês perguntam, "ué escola milita só pode entra com 8 anos e fica lá ate os 18" bom isso a e verdade, e a escola que eu fui não e assim uma escola milita, ela segue a mesma doutrina, mas não é originalmente uma escola milita entendem? sim? não? bom não vou explica u.u , voltando, com 9 anos, eu conheci uma garota, assim aquele primeiro amor, eu estava na escola e assim que tocou o sinal pro recreio, como eu era novo na escola eu me afastei de todo mundo e sentei de baixo de uma arvore, todos os dias era assim, e sempre percebia que uma garota me olhava, e um dia enquanto eu ia pra minha arvore, eu vi ela sentada la, e como um garoto educado eu cheguei brigando com ela , isso ai esperto seu primeiro contato com uma garota e você chega assim , o engraçado e que 10 minutos depois eu estava sentado do lado dela conversando sobre dragon ball, cavaleiros do zodíaco, super campões etc... Bom eu e a Mariana viramos amigos, tipo melhores amigos, nos dois eramos anti-sócias, então ficamos sempre juntos. Quando eu fiz 10 anos ela foi no meu aniversario, e um "amigo"  minha mãe chamava as crianças achando que eu era amigo delas , ele tentou beijar ela, e ela era muito muito tímida é começou a chora, foi uma cena engraçada eu brigando com ele por tenta beijar ela, como se eu fosse namorado dela.



Uma coisa legal entre eu e ela e que a gente parecia Usui e Misaki, mas em que sentido? eu tinha 10 anos e ela também, só que eu fazia graça ou falava como se eu tivesse uns 17 anos, e ela fazia a mesma coisa, porém ela era muito seria e eu era bem agitado e meio atirado pervertido sempre o/ , Mas só ela conseguia mudar meu pensamento e meu jeito, resumindo eu era um bobão perto dela, sabe aquilo de primeiro amor, e graças a ela também eu comecei a amar a natureza e pensar mais sobre a minha vida, sim com 10 anos eu já pensava sobre a minha vida. Bom eu sempre gostei ela, e quando fiz 11 anos, eu decidir arriscar 2 anos de amizade por um namoro, é a resposta foi "Desculpa... eu vou me mudar semana que vem" , não estou brincando, isso parece anime, filme ou seriado sei la... desde daquele dia eu nunca mais vi ela, E nem tive contatos com ela, isso me deixa mal ate hoje =T. Mas bola pra frente né, e foi isso que eu pensei, por amar ela eu decidir trabalha com alguma coisa envolvida a plantas, então como ela queria ser eu vou ser um botânico mas decidir fazer cinema e..e, porque tenho na cabeça desde pequeno que ainda vou encontra ela. 


Ainda com meus 11 anos quase fazendo 12 eu conheci os animes... Parando pra pensar eu esqueci de citar lá em cima, que eu sou apaixonado pelo Japão desde quando eu tinha 5 anos, mas nunca tinha me interessado por anime, mas depois que vi o primeiro episodio de Full Mental Alchemist foi tipo "OMG" 
, não to mentindo, eu realmente me apaixonei pelos animes e com isso fui esquecendo a Mariana. Como todo otaku eu decidir desenhar, e quando fiz 12 anos meus pais me colocaram em uma escola de desenho... e meus desenhos eram mais ou menos assim :


Meus país não precisaram dizer pra mim que eu não sabia desenhar... e assim nasceu um otaku que não sabe desenhar, mas eu encontrei uma coisa que eu me encaixava, escreve, assim que fiz 13 anos, mais ou menos 2 dias depois eu entrei no campeonato de redação, e sem esperança alguma eu ganhei, e desde então eu sou apaixonado pro escrever, as vezes ate penso que posso sentir orgulho disso.


Bom dos meus 13 aos 14 anos eu conheci muitos animes, eu já tinha visto cerca de 43 animes, eu acho, eu sabia um pouco da historia de cada um, então decidir ir para um evento de anime, e foi onde eu percebi que não importa o quanto eu saiba sobre anime, Japão e tals, sempre vai existir alguém que saiba mais, e isso é bem legal, porque me sinto feliz de poder aprende com mais otakus tudo sobre esse mundo que eu amo, e em um desses eventos que eu ia, eu conheci a Fernanda , uma otaku que eu me apaixonei, sim meu segundo amor, a gente nem se conhecia direito, mas graças a One Piece eu fui falar com ela e fiz a pergunta mais idiota de todas "Bonita essa sua camisa, e de One Piece?" Era uma camisa de One Piece kk' mas como eu era idiota e ela me responde "Sim e sim, essa sua e de Death Note" E assim começa o namoro de duas pessoas burras , começamos a conversa sem para, depois do evento e todos os dias a gente se falava, ate que eu tomei coragem e pedir ela em namoro.


Eu esperava receber um não, porque ela e linda e eu era feio, como ainda sou, mas ela aceitou, com o rosto que mais parecia um tomate ela aceitou, no dia 24 de Março de 2012,"mas pera Shiro isso foi ano passado" sim foi ano passado, eu demorei um ano pra pedir ela em namoro, só com 15 anos que tive coragem, não vou mentir foi a melhor coisa da minha vida,esta com ela, a gente era como ainda somos novos, mas andávamos de mãos dadas no meio da rua, quando a gente ia compra alguma coisa sempre andava no mercado escolhendo como se fosse um casal de recém-casados, mas nem tudo que e bom dura muito né,ela teve que se mudar pra São Paulo e antes que eu pudesse dizer pra ela, que eu não ligaria de ficar longe dela e que meu amor era maior, ela terminou comigo... Desde então eu simplesmente desistir de namoros, e cai de cabeça no mundo dos animes, até quando eu estava procurando a sinopse de um anime e encontrei um blog. Foi quando parei pra pensar "Eu não sei desenhar, mas sou bom escrevendo, é quero ajudar o mundo otaku de alguma maneira" Então assim nasceu o Otaku de Cachecol... que no começo era só um lugar pra distrair a cabeça e falar coisas bobas, mas com um tempo foi se tornando a minha vida, e hoje com 16 anos, não vivo sem ele, e principalmente sem vocês, você que entrou agora, você que esta aqui a muito tempo, muito muito muito obrigado por tudo, cada comentário cada visita, eu to falando isso porque Otaku de Cachecol faz parte do meu illustrating my life xD. 

PARA PARA PARA TUDO. Bom eu falei sobre a minha vida, porém hoje a natal, sim esse post foi editado depois de muito tempo, hoje e dia 25/12/2013. E vou falar mais um "cadinho da minha vida ok?" 


Bom depois desse post. Eu comecei a escola, no meu segundo ano, quase chegando na metade, perto das ferias que nem no meio do ano. Eu conheci uma pessoa muita especial. Eu estava no patio da escola, e do nada ela apareceu. Eu já tinha visto ela várias e várias vezes, porém nunca falei com ela, sempre tiver vergonha. Mas ela veio até mim e disse "Oi você que entra pro teatro?". E antes de eu falar alguma coisa, ela me pegou pelo braço e me arrastou pra quadra. Foi assim que nasceu esse amor pela Angell. Que hoje e a minha namorada a 6 meses. Bom viramos amigos por muito tempo, ela era a minha sogra da peça que estávamos fazendo. Só que não aguentei e roubei um beijo dela, uma semana depois teve um show de rock aqui na minha cidade onde eu só fui porque me falaram que ela iria. Foi quando começamos a namorar. E falando nisso, hoje a gente deveria fazer 7 meses de namoro. Mas como só pedir a familia dela pra namorar com ela no dia 2, pra todos a gente começou no dia 2, então pra não ter brigas ou coisas do gênero, a gente diz que começamos dia 2. E ela e o tipo de garota que qual quer homem quer, porém poucos tem. Ela e otaku, gamer, linda e fofa. O único "problema" que ela é meio Gasai Yuno com um pouco de chefão de marfia. ela gosta de manda. Então se um dia o post não sair, já sabe quem culpar né?. Então desde então, minha vida amorosa foi perfeita. Conheci alguém que eu quero casar. Meu blog vem se tornando cada vez mais agradável pra mim. Conseguir fazer do Otaku de Cachecol, um blog de notícias e pessoal ao mesmo tempo conheci novas pessoas, tudo está dando certo pra mim. Então mais uma vez. Obrigado a todos *--*.

Obrigado  por esta no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post,sinta-se abraçado pelo Shiro :3 

8 comentários:

  1. "e pra mim vingar toda vez que a minha mãe mandava eu olhar meu irmão eu deixava ele rolar pela cama e cair no chão,então assim desperta meu lado malvado hoho"
    AHEUAHEUHUEAHUEHAUHEUA Meu deus, morri aqui.

    Eu também sofri de injustiças quando minha irmã nasceu ;-;
    Maas, o bom de ser irmão mais velho é que você pode manipular a mente do seu irmão xD
    Tipo, a minha irmã de 6 aninhos vive desenhando o InuYasha só porque eu gosto dele o/

    Que orgulho dessa pirralha ;-;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu irmão ver animes ;.; que orgulho desse pirralho rs

      Excluir
  2. KKKKk... sua vida é divertida pelo menos parece... bom eu também era bem moleca quando criança já quebrei braço, pé, cortei a cabeça, pulso... rasguei o joelho com carrinho de rolimã... KKKKkk... mas posso dizer que tive infância.... muito legal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca quebrei nenhuma pare do corpo ç..ç inveja inveja T^T

      Excluir
  3. "Ah Ah Ah Ah I'm a?
    Ah Ah Ah Ah I'm a?
    Ah Ah Ah Ah I'm a mother father gentleman" - (PSY - Gentleman kkkkkkkk xD)
    oooooooooooooooooooooooooooh, vc é a reencarnação do Rin xD
    não duvido, depois de ler sua infância, eu também te chamaria de filho do capeta kkkkkkkkk e minha mãe arrancaria meu aparelho(ortodôntico) com a mão... O.O
    ela não gosta q eu fale: demônio, capeta, maldição, maldito, te odeio, desgraça e etc. d acordo com ela são palavras muito fortes que eu costumava a fala por causa do animês (Inuyasha fala o tempo todo "maldição" e eu falava no luga de "FDP"), então eu só posso ofender alguém usando palavrão... não tente entender minha mãe xD
    Tá, deixa eu mencionar aqui minhas falas favoritas suas *risos*:

    e assim nasceu um otaku que não sabe desenhar - kkkkkkkkkkkkkkk essa foi muito boa xD Shiro-kun, não sabia q vc não sabia desenha.(essa frase me lembra: sabia que o sabiá, sabia subia? não sei pq isso me veio a cabeça kkkkk)
    "Bonita essa sua camisa, é de One Piece?" Era uma camisa de One Piece kk' mas como eu era idiota e ela me responde "Sim e sim, essa sua e de Death Note" E assim começa o namoro de duas pessoas burras - é assim q nasce grandes romances kkkkkkkk(^▽^) vcs tinham taaaaaaaanto em comum! (*^▽^*)

    Ah, Shiro-kun, sempre suspeitei que sua vida ao contrário da minha fosse um shoujo-mangá (^V^) pq a minha tá mais pra ecchi... e nem fui eu q decidi isso... ¬¬
    só q não como os shoujos clichês. e sim como aqueles shoujos mais fodas, sabe? com as histórias complexas (como Toradora!) - é, pq afinal q shoujo normal teria como personagem principal o "filho do capeta"? kkkkkkkkkkkkkkkk - ou aquele tipo de shounen q tem romance e sobrenatural... tipo Ao no Exorcist...? kkkkkkkkkk vou começar a te chama de Rin agora xD
    agora além do Natsu, te associo ao Rin kkkkkkkkk
    E nooooooossa! vc foi tipo pra escola militar? O.O imagino q tipo de criança vc era pros seus pais te mandarem pra lá (^∀^) Na verdade nem preciso imaginar, já q vc já contou, né? um ser capaz de deslocar os próprios pulsos... deveria se atentado demais kkkkkkkk, mas como diz os velhinhos "é sinal de saúde" kkkkkkkkkkkkkkkk
    muito, muito, muito fofo os seus amores. por isso q vc veio de uma mangá shoujo kkkkkkkkkk cheio de drama, comédia, romance e romance... comedia d novo kkkkkkkk
    gostei dessa iniciativa de fazer este tipo post, pq eu tbm tinha visto "draw my life" - quero ver dos garotos do AquiPode ^^ - e fiquei animada quando chegou nos blogs, então valeu por me taguear
    Kissus - vê se, se comporta menino xD
    Ja ne

    P.s. : Shiro-kun aparece lá no meu blog o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAEUHAUEHA Minha vida ate agora e meio que like a boss sabe? kkkk', u.ú o/

      Excluir
  4. pra mim esse é o melhor post do seu blog ...naum me canso de ler ele ...kkkkk.. um dos melhores ...

    ResponderExcluir