9 de jul de 2015

Falando Sobre Episódio: Ranpo Kitan: Game of Laplace - 1

Yoo' Pessoas 


Aloha Família. Cachecol aqui nesta noite fria e bem gelada, trazendo mais uma postagem para o blog, e como de tarde eu falei sobre Gangsta agora irei falar sobre esse anime que me surpreendeu demais, estava sentindo falta de animes assim. Então sem muita enrolação vamos ao episódio. 

Episódio - 1: 

Bom antes de tudo deixa só eu confirma algo aqui... ok esse anime é original, logo não é baseado em nada, pois ele tem muito cara de jogo, nos dez primeiros minutos do anime eu imaginei que estava ou assistindo Corpse Party ou Jogando algum jogo de RPGMaker, gostei muito de tanto ele como Gangsta não terem censura, o universo Seinen está voltando, pra quem não sabe seinen, são animes para o publico masculino adulto, animes como Corpse Party, Another, Elfen Lied e por ai vai. E esse anime tem essa pegada, nos primeiros minutos, mostra um cara morto, esse da imagem a cima, e também mostra uma menina... não pera, menino, isso ainda não me convenceu pra falar a verdade, tem voz feminina, anda que nem uma menina, tem um corpo/rosto feminino mas é homem, bem típico eu diria de animes de mistério, e esse "menino" que é o nosso protagonista, basicamente o anime gira em torno dele, pelo menos isso foi o que pareceu no primeiro episódio, gostei muito disso que o studio fez de mostra que você ver o mundo aos olhos do Kobayashi o "menino" e como eles fizeram isso? colocando o foco nele, e todos os "figurantes" sem detalhes, uma cor toda cinza, e se no caso eles se dirigirem ao Kobayashi ou ele ver esses personagens ai sim eles ganham forma mostrando seus rostos, eu pude percebe isso bem, pois tem várias cenas na qual esses "figurantes" estão conversando entre si, mas quando viram ao Kobayashi ai sim vemos quem é, um dos pontos que também gostei além obvio da trilha sonora que em cada cena ou lugar diferente tem uma só, eu gostei muito de como o Kobayashi é, ele acorda com uma lamina de serra na mão, cheia de sangue, em uma sala na qual só tem ele e o homem morto, mais uma vez, é à imagem a cima, no entanto ele está EXTREMAMENTE calmo, de primeira achei que estava em choque ou algo do gênero, mas não essa é a personalidade dele, tão frio e calmo que chega a ser engraçado ele falando pro policial "não tudo bem, irie com vocês, já que sou o principal suspeito" e coisas desse tipo. Foi legal, no entanto eu achei que iria ficar meio "sem sal" ele sempre ser assim, ai que conhecemos o seu amigo o Hashiba que não é o medroso como eu li em alguns comentários e sim realista, ele se preocupa com as coisas, o que o Kobayashi tem de calmo ele tem de medo, e isso é extremamente legal, personagens únicos e não generalizados como em alguns outros animes de mistérios. E por fim além de outros detetives conhecemos o Akechi um "estudante" que ganha permissão do governo pra falta aula já que é um detetive, e que de cara já percebi ser um cara frio, no entanto ele simpatizou com o nosso "menino", e que também o nosso "menino" viu nele algo como "tutor" e decidiu virar o assistente dele, no entanto pra ele seja aceito como assistente vai ter que resolver esse caso, mostra que é inocente e encontra o verdadeiro assassino, que pode ser um dos seus colegas de classe, ou alguém de fora. Como é um anime de mistério, eu aqui já estou colocando minhas moedas de ouro na nova professorar, ela está parecendo muito "animada" fingindo muito pro meu gosto. Bom só saberemos isso talvez no próximo episódio. 

Então isso é tudo pessoal
Esse anime vai ser louco
Obrigado por esta no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :3

0 comentários:

Postar um comentário