16 de jul de 2015

Falando Sobre Episódio: Ranpo Kitan: Game of Laplace - 2

Yoo' Pessoas \ô/


Aloha Família. Cachecol aqui nesta noite abafada e muito quente, trazendo a ultima postagem do blog, um pouco atrasado eu diria, mas cá estou eu, trazendo mais uma analise lá Cachecol do anime Ranpo Kitan. Que cada vez está melhor e mais interessante. 

Bom mais uma vez irei deixar claro, vai ter spoiler, muitos muitos spoiler.  

Episódio - 2:


Esse anime esta cada vez mais insano e me agradando, duas coisas que estou deveras animado com esse anime é essa abertura que não consigo pular, e o outro fato é de como não consigo ver um garoto no Kobayashi é impossível, dito isso vamos ao episódio. Nada, definitivamente nada tira da minha cabeça que Professora é a autora do assassinato, e podemos ver isso quando ela encontra o celular no falecido professor e fica toda "nervosa" quando o Hashiba diz que é do antigo professor, na hora inventa uma desculpa e começa a da aula. Logo depois temos a sala de interrogatório na qual mais uma vez me surpreende o Kobayashi ser tão frio e calmo, mas o que realmente me surpreendeu foi quando o Akechi pediu pra mostra o resultados da autópsia e me aparece a Minami uma criança com uma mascara de dentes que é a Medica Examinadora  eu quero muito uma, pra mostra pra quem esta assistindo como é a autópsia, assim como a professora eu levo isso como um alivio cômico, no entanto um alivio cômico como eu falei pra quem está assistindo já que não interagi direto no anime, só pra gente mesmo, já no anime só é dito o nome dela. Bom uma coisa que gostei bastante nesse episódio e espero que seja bem mais trabalhado, explorado e que aparece muito mais no anime, foi a parte que o Kobayashi começa a explica juntando todas as suas provas o motivo dele não ser o assassino, e ai percebemos o quão inteligente e o motivo dele ser tão frio, e mais uma vez também pensamos "ele não é homem" até porque o falecido professor dele era um serial killer e todas as suas vitimas eram mulheres, e o professor era apaixonado pelo Kobayashi e também o amigo dele Hashiba toda hora fica corado quando é elogiado pelo Kobayashi gente, menos, as fujoshis piram com isso, bom joguei no ar essa dúvida. Bom no fim não foi a professora a verdadeira assassina e sim uma colega de classe dele, que no final matou ele por esta magoada dele não amar mais ela e não fazer dela sua cadeira, serio eu acho que o professor devia ser alguém muito da hora para as mulheres quererem ser suas cadeiras. Só me resta agora espera que a professora faça algo importante no anime pra que eu goste dela e não estou me referindo aquela parte na qual descobrimos que a cadeira da sala de aula era de esqueletos de uma das amantes do falecido professor e quando essa nova professora viu saiu correndo e se jogou pela janela, espero que ela realmente faça algo legal. Esperava que esse mistério iria durar mais, no entanto com dois episódios já foi encontrado o autor melhor autora do crime, agora só espera pelo próximo episódio. 

Um episódio bem parado eu diria, mas eu relevo pois um anime de mistério normalmente é bem calmo e com muita conversa, e esse não mudou muito o padrão, como falei estou ansioso pelo próximo episódio espero que a professora faça algo legal, que o Kobayashi pare de agir que nem uma garota, claro que quero lembrar que não me importo de existir personagem afeminado nos animes, digamos que isso no Japão é deveras normal, garoto querer se vestir de mulher e vice-versa, eu só estou dizendo pra agir tanto, pois uma coisa e transparecer e outra e ser. Já estou soltando aqui que talvez o próximo crime/caso tenha algo relacionado com aquele detetive que estava no finalzinho do episódio que teve que ir embora por causa da irmã que ligou, ou ele vai matar alguém, ou a sua irmã vai mata-lo ou ela está morta e alguém quer incriminar ele. Só me resta espera mesmo. 

Então isso é tudo pessoal

Obrigado por esta no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :3

0 comentários:

Postar um comentário