3 de set de 2015

Falando Sobre Episódio - Ranpo Kitan: Game of Laplace - 8

Yoo' Pessoas \ô/


Aloha Família. Cachecol aqui nesta tarde ensolarada e bem abafada, trazendo mais uma postagem para o blog, eu sei que estou atrasado demais, era pra sair essa postagem semana passada mas não e em vez disso joguei pra hoje, porém me atrasei também pois era pra sair de manhã e não no começo da tarde, mas cá estou eu com a analise do episódio 8 de Ranpo Kitan, lembrando sempre tem spoiler :D

Episódio - 8:



Episódio já começou com um flash back do Akechi, essa temporada só tem flash back em episódio, temos Akechi mais novo pra variar inteligente e o seu "amigo" que eu espero ou que tenha morrido ou que tenha virado inimigo, sei lá só quero isso aconteça mesmo. tenho desejos estranhos eu sei E voltamos a cena do crime agora Akechi e o seus dois fieis escudeiros Kobayashi e Hashiba, que mesmo com toda a explicação do Akechi eu ainda opto por considera tudo isso um acidente, as duas mortes melhor dizendo, pois ele esta obcecado vai saber Deus o motivo pelo Vinte Faces e isso pode ter subido a cabeça dele a ponto dele achar que aquilo não foi uma acidente e sim um assassinato, mesmo levando em conta tudo que eles falaram sobre o sistema de mecânica e tudo mais, ainda considero um acidente.

Porém o Akechi pega a minha teoria que nunca é valida e joga fora como se fosse lixo assim que ele pega aquela peça de mental, na qual é um mental bem fraco que estava suportando os manequins gigantes  e obvio que os dois que morreram na queda dos manequins em cima deles, e obvio que os duas "vitimas" porque os cara eram ruins, porém vamos colocar como vitimas, as duas vitimas não iriam querer um metal fraco suportando todo esse "paraíso" que eles estavam montando certo? então a suspeita caiu pra secretária, que não conseguiu disfarça muito bem ou se quer tentar demostra ser a inocente, em vez disso optou por dizer o motivo do assassinato, ela matou pois ela não estava mais aguentando todo aquele sofrimento, uma de suas amigas morreu e ela tinha um manequim enorme com o corpo, rosto e feição igual a dela, cara isso é assustador e pra termina tudo isso ainda foi violentada foi o que eu entendi, porém não o suficiente pra matar alguém como o próprio Hashiba falou ou é né, quem sou eu pra julgar.

Caso resolvido vamos voltar para o cenário comum do anime, mas antes de falarmos do escritório do Akechi já que tornou-se o ponto principal do anime, tenho que fazer uma pequena observação de algo muito gritante que foi o vestidinho lindo que o Kobayashi estava usando ainda na ilha enquanto o barco não vinha, algo extremamente desnecessário e que está me fazendo apoiar as criticas, mas deixando isso de lado vamos voltar ao escritório, temos depois de longos 8 episódio o Akechi comentando um pouco sobre o seu passado, e explicando o motivo dele odiar o Vinte Faces, que na minha cabeça o que eu entendi é que tínhamos dois nerds, na qual um era sério e ignorante, enquanto o outro medroso e calmo, juntamos esses dois e começamos a programar algo. e teremos um "conceito" chamado Vinte Faces, creio eu que o amigo do Akechi ficou tão obcecado por isso que acabou se transformado em um, já que assim que o Akechi saiu desse projeto que eles dois estavam criando a ultima palavra que o Akechi ouviu do ex-amigo foi "Eu vou te mostrar" e depois disso o cara se suicidou usando a mascara do Vinte Faces, e voltando ao tempo normal, temos toda essa confusão acontecendo.

O que esperar do próximo episódio:

Esse episódio já me deixou mega feliz, não teve muita ação era só a resolução do caso da ilha, e nem foi alto tão "pesado" comparado a outros episódios, porém esse episódio teve o passado do Akechi sendo revelado e isso já me deixou muito feliz, então para o próximo episódio quero saber muito mais sobre Akechi, espero também que o Kobayashi mesmo que seja impossível, espero que ele pare de ser tão... trap.

Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por esta no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :3

0 comentários:

Postar um comentário