29 de dez de 2015

Coisas do Japão - Otakus no Japão

Yoo' Pessoas \ô/


Aloha Família. Cachecol aqui nesta noite fria e muito sonolenta depois de um dia bem cansativo, trazendo hoje mais uma postagem para o blog, hoje pra falarmos sobre algo que já falei tanto aqui, dando a minha opinião e hoje será um pouco diferente, pois só irei dizer sobre o assunto, sem opiniões pra não ter discussões. 

Como falei não pretendo começar uma discussão sobre o que é ser um otaku, se você é mais ou menos otaku que eu, o que venho hoje com essa postagem é falar como no Japão os otakus são vistos, claro usando como base a postagem do site "Japão em Foco" algumas informações importantes e interessantes foram tiradas de lá, e bem sem muita enrolação vamos ao que interessa. 

Muita gente falar que quando um japonês se diz ser um otaku ele automaticamente é descriminado e julgado em praça pública, pelo menos é o que eu li, no entanto as coisas são um pouquinho diferente, na verdade alguns japoneses não ligam de ser chamados de otaku depende claro da situação e o contexto, pois pode tanto ser algo qualquer como também pode acabar sendo um insulto, porém o grande público que faz esse termo ser tão "mal visto" são os otakus hardcores, a galera que se agarra à esse estilo de vida que até então era pra ser um hobby ou passar tempo, fazendo assim ficar obcecado em coisas que não irão ajudar em nada na sua vida, logo prejudicando ela, tanto na saúde como social e com isso atrapalhando a sociedade por completo. 

Pois eu li alguns sites e livros que os japoneses não se importam com o que você se veste ou faz, eles em si se importam se isso vai prejudicar na sociedade, que muitas vezes acaba prejudicando e como ser um otaku hardcore pode prejudicar  uma sociedade? vamos lá, tem vários fatores no entanto só irie descarta os mais importantes ou que mais chama à atenção, como por exemplo larga empregos ou trabalhar cansado pois virou a noite assistindo animes, chegar atrasado no trabalho pois estava na fila pra comprar o novo manga, ou como já li bastante até caso de maniacos por crianças por serem fã de animes com temáticas "lolis" que traduzindo ao pé da letra fica algo como "crianças" sim crianças, no entanto não recomendo pesquisar loli no google imagens uma pá de gente abrindo agora, são pequenas coisas que fazem o termo não ser muito bem visto, pelo menos se você for um otaku hardcore, que desculpe mais você aqui no Brasil não é um, nada que  você possa  vim fazer chegara aos pés desses caras. 

Um outro termo que eu vejo muita gente usando aqui no Brasil e dizem que no Japão tem no entanto não tem, até tem mas não como feminino do otaku, que é o termo "Otome" por favor você que está lendo isso, não diga que é uma otome só por isso ser o "feminino" de otaku pois não é, esse termo traduzindo seria algo como: donzela ou garota pura, e se você assistir yaoi, é fã desse gênero e adora se plocamar uma fujoshi, por favor, pare só pare de se chamar otome, agora se você é sim uma garota pura de coração, ai você pode se chamar sim, ou mesmo que não seja, faça o que quiser, só não debata comigo esse assunto :D

Espero ter matado algumas dúvidas que vejo muita gente tendo em fóruns e paginas do facebook, otome não é um termo muito bem encaixado para uma fã de yaoi, e otaku não é um termo muito bem encaixado aqui no Brasil, pois só o fato de você ser fã de animes e mangas não faz de você um otaku, no entanto você pode sim dizer que é um, ninguém tem o direito de falar pra você que você não é um, só não fique esfregando na cara de ninguém pois ai vai arrumar briga de graça, só assista seus animes e mangas na sua e comente sobre eles, não queira ser um otaku hardcore como os japoneses são pois você terá que abdicar de muita coisa na sua vida que creio eu você não vai querer, no entanto como falei se quiser se chamar de otaku, fique à vontade, eu mesmo por exemplo estou com os japoneses, depende da situação e do contexto, dependendo do que se trata eu aceito ser chamado de otaku ou não, tudo depende do que vem acontecer em seguida. 

Então isso é tudo pessoal
Matei sua dúvida? sim? de nada, não? foi mal então
Obrigado por esta no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :3

0 comentários:

Postar um comentário