8 de dez de 2015

Tudo Pela Audiência

Yoo' Pessoas \ô/



Aloha Família. Cachecol aqui nesta tarde nublada, chuvosa e bem gelada trazendo mais uma postagem para o blog, e bem hoje era pra sair uma postagem sobre o Japão, algo relacionado ao Japão, no entanto devidos a alguns acontecimentos do ultimo final de semana, eu decidir comentar sobre tudo hoje. 

No final de semana que passou rolou aqui no Brasil a Comic Con Experience, uma das maiores feiras de cultura nerd, geek, fãs de animes, fãs de tudo entre outras coisas do mundo, que no Brasil esta em sua segunda edição e pelo o que pareceu foi muito boa, eu estava muito a fim de ir no entanto estive ocupado com outros trabalhos e eu imaginei que provavelmente não iria sobrar tempo, assim como não sobrou mesmo pra poder ir, mas bem não é disso o que venho dizer aqui, venho comentar sobre um certo canal que fez uma certa matéria muito desrespeitosa. 

Audiência hoje em dia, melhor, sempre foi tudo pra um canal, e para que um programa se mantenha vivo ele precisa de muita audiência e ai que iremos falar sobre o canal da Band, mais precisamente do programa Pânico na Band, um programar de humor que vem ao ar todos os domingos trazendo diversão para toda a família brasileira, bem talvez esse deveria ser o seu proposito, no entanto o que aconteceu na Comic Con Experience foi algo totalmente diferente, e se você acompanha algum portal de notícia nerd ou se viu a matéria já sabe do que estou falando. Mas se você não sabe irei explicar, esse programa mandou dois reportes que visivelmente não entende NADA de cultura geek, para esse evento talvez eles foram mandados por serem "jovens" ou "teens" ou pelo menos eles demonstram ser, e ao meu ver foi meio quem uma bomba relógio jogada no meio da galera. Pois esses dois reportes agiram como seres neardentais existe essa palavra? tratando pessoas com uma enorme falta de respeito, puxando pessoas pra entrevistar sem nenhum consentimento da pessoa, e por ser uma feira geek teve diversas pessoas com cosplayer e muito delas foram desrespeitadas também, como mostra no vídeo a abaixo:


Eu tiver que pegar o vídeo pra mostra pra vocês o que realmente aconteceu, explicar que ninguém esta fazendo "frescura" como vi muita gente comentando, que é sim pra alguém ver e entender/perceber a falta de respeito que teve, sabe já foi época do Pânico ser um programa divertido de se assistir, hoje em dia tudo é muito forçado, parei algumas semanas pra ver e desistir na hora pois nada mais é divertido, um dos programas que já deveria ter desaparecido da televisão brasileira, pois o seu humor não é mais um humor, e falando nisso eu vi também muita gente dizendo que eles só fizeram isso na zoação que nada ali foi na intenção, e bem meu amigo mesmo que não tenha sido na intenção, a forma que eles trataram foi algo muito mal educado, extrapolo o limite da "zoação" do "humor", um dos reportes lambeu uma cosplayer LAMBEU, sabe o quão ridículo isto é? o quão nojento tanto o fato da lambida como o fato dele ter feito isso na frente da câmera para VÁRIAS pessoas pra todo o Brasil, esse evento é uma vez no ano, então imagina o quanto essa cosplayer demorou pra fazer essa roupa, tentar deixar tudo bem preparado nos mínimos detalhe pra que seja um dia incrível, ai vem um babaca de um programa merda e estraga isso de uma forma humilhante, a por favor né gente. 

No entanto pessoas vamos nos aliviar, pois tenho algo bom a dizer sobre tudo isso, toda essa "matéria" feita pelo programa foi recebida de uma forma bem séria e fria pelos administradores do evento, que souberam dar muito bem o troco sobre isto. Um dos maiores portais de notícia nerd do Brasil o Omelete cujo os donos são sócios fundadores da CCXP aqui no Brasil fizeram uma nota de repúdio aos atos do Programa Pânico, que resumindo tudo eles dizem que nada que foi apresentado na matéria foi permitido em nenhum momento pela equipe da CCXP e que a parti de ontem 7/12/2015 o Programa Pânico está totalmente banido de qual quer evento feito pela equipe CCXP sendo ele a Comic Con ou qualquer outro. Nota de Repúdio completa:

"Na CCXP - Comic Con Experience, todas as pessoas são bem-vindas e incentivadas, sem preconceitos, a ser quem são - ou quem desejam ser. É um ambiente harmonioso que defendemos, um lugar onde cosplayers, nerds, gamers, cinéfilos, leitores de quadrinhos e simples curiosos convivem com respeito. Numa convenção de cultura pop, o contrato social que sonhamos para nós - em que toda diferença é aceita e celebrada - torna-se realidade.

É com tristeza e um sentimento de desgosto, então, que assistimos à maneira como o programa Pânico na Band, incapaz de lidar com o diferente, traz para dentro da CCXP seus preconceitos de gênero e seu franco desrespeito, entrevistando cosplayers com grosseria - chegando a lamber uma visitante. Depois desse incidente lamentável o Pânico na Band foi banido da CCXP 2015 e de todas as atividades organizadas a partir de hoje.

Não se trata aqui de discutir limites de humor. A cobertura do Pânico na Band da CCXP 2014, inclusive, foi muito bem-humorada e eles foram credenciados para a nova edição dentro desse espírito. No entanto, assédios moral e sexual são temas seríssimos e preocupações constantes em convenções de cultura pop no mundo inteiro - assim como fora delas. As atitudes do Pânico na Band dentro da CCXP representam um retrocesso que não podemos aceitar. Ninguém pode, não mais.

O senso de humor é um componente fundamental do cosplay. Nesta segunda-feira a web ainda se diverte com as imagens dos trajes mais inventivos que passaram pelos quatro dias da convenção, do meme de Pulp Fiction às crianças vestidas de Coringa. Mas o cosplay também é uma forma de expressão que ajuda muita gente a fantasiar, com segurança, com aquilo que deseja para si. Pessoas aderem ao cosplay para se tornarem mais fortes, usando a interpretação e a confecção de seus trajes para lutar contra quadros de depressão, para manifestar sua sexualidade, para trabalhar sua auto-estima, como um super-herói.

O Omelete, que integra a organização da CCXP, repudia com indignação a postura inaceitável do Pânico na Band porque ela desmancha esse encanto do qual depende qualquer convenção de cultura pop. Mas os cosplayers, os nerds, os gamers, os cinéfilos e os leitores de quadrinhos são maiores, mais unidos e mais fortes. E um dia o contrato social de tolerância que estabelecemos dentro dessas convenções vai se espalhar porta afora, como um coro." 

E bem pessoas eu apoio completamente tudo que a equipe da Omelete falou, a forma que eles reagiram ao ocorrido foi muito respeitosa ao publico, creio que como nerds eles sabem o quão chato deve ter sido aturar esses entrevistadores fazendo essas coisas, e a forma como puniram está sendo elogia por diversas pessoas, diversos portais de notícias e blogs geeks, nerds, otakus, cosplayer e dai por diante. 

E mais uma vez irei dizer, que sinto muito por não trazer a postagem que vem de costume toda terça, porque eu senti que precisava comentar isso, precisar também dizer algo sobre o assunto, eu sinto que ainda falta dizer algo a mais, puxar alguns outros pontos que merecem ser comentados, no entanto fazer isso tomaria muito da postagem e ela ficaria enorme, então deixarei aqui o link para esse vídeo "www" do Vlog do Ace na qual ele comenta de uma forma mais detalha todo o ocorrido, então faço das palavras dele a minha. 

Então isso é tudo pessoal
Ano que vem eu irei :D
Obrigado por esta no meu vlog
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraço pelo Cachecol :3

0 comentários:

Postar um comentário