10 de fev de 2016

Coisas do Japão - Idol fazendo coisas erradas

Yoo' Pessoas \ô/


Aloha Família. Cachecol aqui nesta tarde que eu espero que esteja com um ambiente bom pois estou viajando, trazendo hoje mais uma postagem para o blog pra comentarmos sobre um caso que eu achei um tanto que anormal, mas falando do Japão isso é até aceitável. 

Eu já comentei aqui algum tempo atrás, sobre um grupo bem famoso no Japão de idols o AKB48 que ficou mais famoso ainda no mundo todo depois de uma pequena confusão com uma de suas integrantes, pois ela quis sair com um rapaz, e no momento que você se torna uma idol você assina um contrato dizendo que não terá esse tipo de relacionamento, e eu já irie explicar o motivo, e bem ela acabou fazendo o contrário e foi punida e a forma que ela foi xingada na internet fez com que ela rapasse o cabelo em forma de desculpas, assim, estou resumindo a história procura no google ai pra ficar mais por dentro ou cavuca aqui no blog que você acha.

Desta vez eu também irei falar de uma idol, essa não raspou a cabeça, mas passou por algo parecido que "oh" me deixa irritado. Uma agencia que não se sabe o nome processou sua ex-idol de mais ou menos uns 23 anos de idade no ano de 2014, por ela ter feito o que eu comentei, ela namorou com um fã masculino obvio ou pode ser menina né, vai entender, diferente de AKB48, essa agencia processou a idol querendo dela uma indenização por ter violado o seu contrato, depois de averiguar todo o caso, o Juiz Katsuya Hara não ficou do lado da agência pelo contrário ele alegou que "Restringem significativamente a liberdade de buscar a felicidade e o desejo de sair com alguém do sexo oposto cai sob o direito à autodeterminação, e que é igual a "viver da maneira que se quer". O cara entendeu que ela não fez por mal, ela não tinha em mente destruir um contrato ou algo mais maligno, não ela gostou de alguém, se apaixonou por alguém e quis viver isso, que infelizmente no seu mundo não é algo permitido.

E por não ser algo permitido que alguns meses depois quase um ano, novamente um juiz teve que se meter nesse caso, desta vez o Juiz Akimoto Kojima decretou "Descobrir relações românticas de idols prejudica a imagem das mesmas. Para ganhar o apoio dos fãs do sexo masculino, cláusulas que proíbem relações românticas são necessárias.", ele não ficou de nenhum lado, ele seguiu a lei de acordo com o que ele tinha como base, fazendo assim a idol sim ser multada mas não por ela ter namorado e sim pelas roupas e aulas que ela teve praticamente de graça, ela pagou pelos prejuízos que causou para a agência.

Bem se você ai está boiando totalmente no que eu falei agora eu irei explicar de uma forma bem clara, para você pequeno pimpolho que não entende muito do mundo dos otakus lá do Japão, a forma que eles pensam e reagem a algo parecido com isso que falei a cima. Bom idols são mulheres em sua grande parte que vivem dançando, cantando, as vezes dublando, para os amantes de animes e mangas, é criado basicamente uma personagem de anime bem fofa e inocente só que em 3D, e no momento que elas se tornam idols elas realmente assinam contratos que privem elas de ter uma vida normal, a parti daquele momento elas vivem como uma personagem inocente e fofa para os otakus, e ai que as coisas começam a explodir, muitas dessas mulheres as vezes tem 20 anos ou até menos e sabe elas querem aproveitar as coisas boas da vida, mas para um fã apaixonado do grupo, aquele cara que vai em todos os shows e tem tudo do grupo saber que a sua waifu, a sua cantora ou dubladora ou qualquer outra coisa preferida tem um namorado, pra ele isso é como uma traição, é errado e nojento, e bem meus amigos diferente daqui do Brasil no Japão um fã é ouvido, as agencias gostam de saber a opinião dos fãs, e se eles falaram "odeio ela pois ela me traiu, ela tem um namorado" a agência vai lá e expulsa essa idol desse mundo maravilhoso e ainda acaba processando ela como vimos agora. É um universo bem diferente e louco pra está fora, eu já aceitei sabe, acho errado, mas aceitei.

No caso do grupo AKB48 foi algo assim que aconteceu, eu lembro claramente de tudo pois eu acompanhei bem de perto toda essa confusão, e foi algo que me deixou com nojo dos otakus, pois a ex-idol ela raspou toda a cabeça, sim raspou ela tirou todo o cabelo que de todo o maldito grupo era o mais bonito, ela tirou isso e fez um vídeo implorando pelo perdão de seus fãs, entendem o quão tenso isso é? ela só quis se divertir e sofreu tanto depois, e só fez o vídeo pois não aguentava mais ler tantas mensagens de idiotas, gordos que ficam nos seus quartos xingando ela, esses NEETs que nunca viveram fora do quarto, ficaram humilhando alguém que desistiu da vida pra ser uma idol e alegrar eles, e só por causa de um pequeno ato imprudente foi tão mal falada assim.

Eu até evito comentar sobre esse tipo de coisa, pois é algo que talvez jamais chegaremos a uma conclusão, por isso opto por sempre deixar em aberto isso, quando aparecer outro caso parecido com esse, eu venho e falo mais um pouco, ok? OK.

Então isso é tudo pessoal.
Fonte: Elfen Lied Brasil
Obrigado por esta no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :3

3 comentários:

  1. Eu acho extremamente ridículo isso da empresa querer controlar seus artistas. Não sou tão chegada em música japonesa, mas não é tão diferente dos esquemas das grandes gravadoras sul coreanas. O que muda é que no Japão tudo é mais drástico. Essa cultura das "waifus" que é completamente devorada pelos Otakus acaba colocando vários limites e barreiras na vida das meninas que querem arriscar a vida como cantora, pois estas, para realizarem seus sonhos, não terão mais a liberdade para comprometerem-se em relacionamentos amorosos e os fãs acham isso lindo. Eu acho doentio e errado, mas é a cultura que eles adotaram e, de certo modo, quem se submete a essas carreiras já vai sabendo o que terá de enfrentar pela frente.


    Elfo Livre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim exatamente esse é o pensamento que eu tenho, para todos aqui do ocidente isso é algo bem anormal, beirando o nível de loucura, mas lá no Japão entre outros lugares é algo tão comum como carnaval aqui.

      Excluir
  2. Quando eu vejo os idols japoneses, principalmente as garotas, com aquele sorriso que nunca sai do rosto, só fico imaginando todo o sacrifício que tem por trás daquela aparência perfeita e feliz. Os k-idols não são tão diferentes, mas parece que no Japão a coisa é extrema, é de assustar. Mas só quem se assusta mesmo somos nós desse lado do mundo, infelizmente é comum por lá :/ . Não tenho muitas esperanças de que isso vai mudar, infelizmente...

    www.imaginaivy.com

    ResponderExcluir