9 de ago de 2016

Bleach é outro nível


Aloha Família. Cachecol aqui nesta tarde ensolarada e nublada ao mesmo tempo, trazendo hoje mais uma postagem para o blog hoje um pouco mais cedo para poder caçar pokemon mais tarde enquanto vou pra faculdade, hoje meus amigos irei dizer um pouco da minha história com Bleach, já que o mangá esta chegando ao seu fim eu não posso deixar de falar dele. 

Bem pessoas, antes de partimos pra postagem eu quero explicar o motivo dela, tudo começou com uma notícia bem triste, o mangá Bleach de Tite Kubo chega ao seu fim nesse més em algum momento dessas quatro semanas teremos o ultimo capítulo do mangá, o único grande problema é que ele estar saindo por baixo e não por cima, se o mangá estivesse ao seu fim enquanto esta com muitas vendas e bem popular até vai, porém de dois anos pra cá as vendas de Bleach caíram em um nível absurdo fazendo assim o mangá chegar ao seu fim. 

No entanto mesmo com essa triste notícia eu quero dizer que não é algo de fato muito triste, sim o mangá está acabando e toda aventura do Ichigo e Cia chega ao fim, porém toda a carga emocional e histórica que o mangá me trouxe me faz sentir que esse fim não esta sendo tão ruim. Relembrando aqui que eu já falei algumas vezes em alguns anos atrás que Bleach mudou completamente a minha vida e a forma de enxerga todo o universo Otaku, não foi um dos meus primeiros animes e mangas que entrei de cabeça mas foi um dos que mais me inspirou em várias coisas. 

Comecei assistir Bleach na época que o Orkut estava em alta, lembro que não tinha muitos amigos porém as comunidades que eu participava eram as melhores e lá percebi que muita gente fazia os famosos e talvez extintos "fakes de personagens" que pra quem talvez não sabe é basicamente aquela galera que pega algum personagem de anime e entra de cabeça nele criando uma conta e fingindo ser ele, isso na minha época pra mim era algo simplesmente incrível pois quase todo mundo usava. E o meu primeiro fake foi o Hitsugaya Toushirou o capitão do 10º esquadrão da  Soul Society, e graças ao Shiro-chan eu conseguir diversos amigos e vivi nessa aventura sendo ele por cinco anos até o fim do Orkut e nessa época foi quando o facebook começou a emplacar de uma maneira gigantesca e como muitos colegas pessoais e familiares estavam no facebook eu meio que pensei bem e decidir aposentar o shiro-chan e voltar a ser o Edson em uma rede social, porém olha como a vida é engraçada a minha amiga do orkut se tornou a minha melhor amiga hoje no facebook e de vez enquanto acabamos lembrando da época do orkut e os momentos legais da vida fake, aquela famosa frase "Éramos felizes e não sabíamos". 

Tirando essa época do fake, eu vive um momento bem triste ou melhor complicado na minha vida, que foi quando meu pai teve que operar o coração e quase partiu dessa pra melhor, e por mais que seja clichê de seriado ou filme Bleach foi a única coisa que me deu animo, eu assistia e percebia o quão insano era o mundo de Ichigo, as suas batalhas e a forma que ele levava a vida, Bleach tirou risos, me fez chorar, me fez gritar e pular de alegria em momentos que o clima na minha casa ia de mal a pior. Então por mais que pra muitos é só mais um manga que esta chegando ao fim, Bleach pra mim é outro nível, ele foi a chave que me trouxe pra esse mundo e me ensinou como esse universo funciona. E a dois anos atrás eu quis marca isso pra sempre no meu corpo e fiz a tatuagem do meu esquadrão preferido, do meu personagem favorito Hitsugaya Toushirou

O que vi em Bleach acho que muita gente também viu, por mais que seja um manga repleto de clichês e momentos muito sem sentindo, tendo ai o personagem principal evoluindo mais que pokemon e os vilões que nunca matam os heróis só deixam ele quase morto para o mesmo treinar e ganhar dele isso é o mais engraçado é os personagens indo para as montanhas treinar por semanas e quando voltam estão mais over power do que ninguém, por mais que esteja repleto desses clichês de shounen Bleach ainda continua sendo aquele anime gostoso de se assistir, se sentar pra ver uma, duas, três temporadas em um dia só e nem percebe. Muita gente cresceu assistindo Naruto e quando teve seu fim no mangá eu não conseguia entender o motivo de todos estarem tão tristes e pra baixo, pois eu nunca gostei de Naruto, porém agora com o fim de um dos meus mangas preferido eu estou sentindo isso e é algo de fato bem irritante, você tentando entender o motivo de ter um fim e principalmente em Bleach que como falei esta saindo por baixo dos panos, mas eu respeito a revista e o autor sei que Tite Kubo pode trazer muitas outras histórias divertidas. 

Nessa postagem eu tentei colocar um pouco do que Bleach fez comigo, ao meu ver só um fã lendo isso pode entender dos mesmos sentimentos que estão passando por mim. Bleach esta chegando ao seu fim porém sempre vai estar comigo, todas as lutas e momentos incríveis do anime jamais irão sumir da minha cabeça. Talvez ele não seja mais o melhor shounen que existiu, porém posso dizer com muita certeza que ele foi o shounen que criou uma geração, que foi base para muitos outros shounens que estão chegando. 

Obrigado Bleach por tudo que fez na minha vida

Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :3

0 comentários:

Postar um comentário