6 de out de 2016

Faculdade é Osso (Talvez um desabafo)


Aloha Família. Cachecol aqui nesta noite quase madrugada gelada e parece que vai chover, trazendo hoje mais uma postagem para o blog, hoje para comentar talvez sobre a minha faculdade, eu estou trazendo essa introdução depois de escrever a postagem e meus amigos de fato não sei bem o que eu escrevi, leia e se entender algo comente. 

Gostaria de começar a postagem dizendo que eu ao falar que a faculdade é osso eu estou colocando nos sentidos conotativo e denotativo da palavra, de fato tem horas que você estende as mãos ao céu e diz "por que?" e logo em seguida chorar querendo voltar pro ensino fundamental talvez dependendo da situação voltar a época que brincava de massinha e tinha hora do soninho de tarde. 

Não pretendo nessa postagem fazer o que várias páginas do facebook e outros blogs ai fazem de ficar reclamando da faculdade, porém pelo contrário eu quero desabafar com os senhores como é a minha faculdade e como as vezes a postagem acaba atrasando aqui no blog por causa dela. Antes de tudo tem ainda pessoas que não sabem mas eu faço faculdade de Letras, Licenciatura em Português e Literatura, eu gosto ou melhor eu sempre deixo isso claro o fato de eu está fazendo português e literatura porque pra quem entender um pouco dessa área toda vez que é ouvido que se faz Letras logo imagina português e inglês, ou ultimamente está sendo muito procurado cursos de letras - português e francês ou espanhol. Mas não eu faço a boa e velha literatura, e pra quem não sabe licenciatura como o nome já fiz é uma licença para dá aula, então se você antes não sabia lembre-se que toda vez que ouvir que alguém está fazendo licenciatura é porque aquela pessoa vai ser um professor, na grande maioria das vezes é claro acontece também da pessoa fazer Educação Física e querer trabalhar em academia porém isso é algo que eu não sei tanto e nem irei abordar. 

Depois dessa explicação talvez imensa e meio desnecessária, vamos entender como o Cachecol vive cansado, eu estou no segundo período do curso comecei ele em fevereiro e o segundo período veio em agosto como vocês já devem imaginar, no primeiro período eu tive somente aulas de conceitos pedagógicos, na qual somos apresentados ao universo docente, aprendemos como funciona uma escola e qual é o real papel do professor dentro da sala de aula, já no segundo período além da continuação e finalização desses conceitos que muitos consideram desnecessários, também vem as matérias especificas da minha área, conceitos gerias da gramática e introdução da literatura entre outras muitas outras matérias. Bem falando assim faz parecer que não é lá tão complicado assim, porém eu estou só falando por alto as matérias sem deixar vocês por dentro das atividades, seminários, trabalhos e tudo mais, se eu começar a falar disso a postagem vai perde seu real enfoque.

O més de setembro foi o més mais puxado do ano pra mim, pois eu tive dois seminários para apresentar, uma palestra de 4 horas pra assistir, muitas aulas massantes pra frequentar, um trabalho complicadíssimo pra se fazer e ainda por cima sobreviver ao meu trabalho fora da faculdade. Eu optei por estudar de noite pois assim eu teria a manhã de trabalho e a tarde livre, eu trabalho com meu pai na loja de informática que temos e a tarde quando não estou assistindo anime estou revisando algumas postagens aqui pro blog, e bem no começo até que foi assim, mas com um tempo as coisas começaram a desandar e atualmente estou como acabei de comentar no começo da postagem tem vezes que eu só quero chorar mesmo, mas graças a Deus e muito café esse més de outubro vai ser muito mais suave conseguir adiantar trabalhos até o final do ano, ou melhor adiantar 20 % dos trabalhos

Claro não posso esquecer de falar que o meu curso é semi-presencial, o que quer dizer isso, acontece que eu tenho 30% das aulas online, eu vou pra faculdade quatro vezes na semana de segunda a quinta e nos outros dois dias sexta e sábado eu tenho matérias online não sei se isso faz ter 30% eu sou ruim de matemática e chutei a porcentagem por favor relevem esse talvez erro, mas não é no sentido de que elas estão ali e depois eu tenho que ver, eu de fato tenho que está online e responder pois tem horário pra isso, é eu sei isso é uma loucura e muitas das vezes com as pessoas que eu conheço sempre algo de errado acontece, comigo nunca aconteceu porque pode não parecer mas eu sou extremamente centrado e organizado com meus assunstos, eu tenho uma agenda que sempre tudo está anotado, todo domingo eu tiro quase todo o dia programando a minha semana com datas de entrega de trabalho ou lugares pra qual eu tenho que ir, tanto em questões de trabalhos da faculdade ou do meu trabalho como até de diversão minha namorada as vezes fica irritada, só as vezes minha vida de fato é robotizada, mas não posso reclamar pois assim eu consigo ler todos os livros, consigo entregar todos os trabalhos com dias de antecedência e por ai vai.

Eu recomendo qualquer fazer faculdade pois primeiro é obrigatório se você quiser um emprego decente e segundo que a suas conexões, contatos e sua mente vai expandir de uma maneira sem igual. As vezes dá vontade mesmo de desistir de tudo, mas se você tem amor pelo o que estar fazendo tenho certeza que desistir é algo que com um tempo você deixa de lado, eu desde que me entendo por gente sou apaixonado pela escrita, leitura e tudo que abrange o português linguagens também e o curso de letras caiu perfeitamente pra mim e a vontade de mostrar isso para outras pessoas que me fez querer ser professor, antes disso eu já tinha em mente o objetivo de ser jornalista, mas eu fico muito imaginando que o brilho nos olhos de uma criança depois que aprende algo novo vale muito mais do que alguns artigos publicados. Então por isso que estou aqui, por isso estou estudando como se não houvesse o amanhã, "pois se você um diz quer ensinar você tem que aprender em dobro" é o que a minha tutora diz toda hora. Na faculdade eu aprendi que o termo "todo conhecimento é valido" não é tão útil assim, uma dica minha para vocês, por mais que a matéria que você está estudando seja legal não se aprofunde nela a não ser que você queira fazer ela, um exemplo meu eu estou apaixonado por Psicologia da Educação, porém não é algo que quero aprofundar, meu objetivo é me aprofundar em literatura e linguagens não só no português explicando indiretamente e perde meu tempo lendo mais do que essencial para passar na prova não vai ser útil, se o livro tem 300 páginas e o tutor mandou você só ler a primeira unidade pois ela vai cair na prova, só leia a primeira unidade simples assim. O conhecimento ao meu ver só é valido se você de fato usar por completo aquilo senão foque sua mente em outra coisa. 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Não sei bem o que eu falei, talvez essa seja mais uma das postagens sem pé nem cabeça que eu escrevo e só quem está vivenciando o mesmo que eu vai entender, se você então faz faculdade sabe mais ou menos como é essa rotina 

Então isso é tudo pessoal.
Creio eu que isso é um desabafo 
Esqueci de colocar, faço faculdade na UNOPAR
Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :3

0 comentários:

Postar um comentário