17 de dez de 2016

Comentários do Cachecol - Sekai Oni - 18 (+18)



Aloha Família. Cachecol aqui nesta manhã de sábado animada e fria, hoje o dia amanheceu feliz, só que também o tempo está todo fechado parece muito que vai chover. Bem hoje meus caros iremos conversa sobre o capítulo 18 de Sekai Oni que era pra sair ontem porém acabei me complicando e cá estou eu hoje. Bem antes de tudo tenho que alerta que essa postagem é para maiores de 18 anos, se for menor está avisado. 

Sekai Oni - 18:

Se no capítulo anterior tivemos um pouco da história da nossa amiga viciada na arte do coito, esse capítulo aqui vai ser recheado só da história dela, algo que por sinal achei bem estranho porque até então as histórias de personagem sempre vem nos capítulos extras. Bem sabemos que a vida dessa nossa amiga viciada era super normal, uma família típica e alegre bem padronizada no animes que vocês já devem ter visto, e no centro temos essa criança inocente que vivia em frente ao espelho observado o Bunny-chan um coelho, uma forma que já sabemos depois de todos esses capítulos de Sekai Oni que é um demônio, mas em uma noite tudo isso mudou, porque ela estava sem sono e foi até o quarto dos pais.


Como dito pela própria personagem, algo mudou nela, ouvir aqueles gemidos e sons engraçados enquanto seus pais se contorciam na cama fez ela pensar sobre tudo, ela percebeu a máscara que os pais usavam e toda a mentira que eles contavam, mas o pior ela começou a querer saber o que era aquilo crianças -.-' com isso começou a querer fazer parte desse mundo, começando pelo seu amigo que sempre estava ao seu lado o Bunny sempre os coelhos 


Ela foi crescendo e com o começo da adolescente tudo mudou por completo na sua vida, seus irmãos estavam cada vez mais rebeldes por causa da puberdade, a pobreza estava cada vez maior em sua família entre muitas outras coisas no mundo que cansavam ela e destruíam sua vida mentalmente, a única rota de escape era o sexo conheço pessoas assim e como desde pequena isso estava crescendo nela o vício e o prazer que isso causava nela estava dominando todo o seu ser, ela percebeu que a única coisa que agradava nela era poder fazer sexo, independente do parceiro ou aonde vai ser, isso vocês percebem lendo o capítulo.


Mas como essa história segue um padrão de realidade, e estamos acima de tudo falando de Sekai Oni, nem tudo ou melhor nada iria da certo, algo de fato iria acabar dando ruim e para uma pessoa que o passa-tempo é fazer sexo e ainda por cima ser mulher o que vocês podem imaginar que seja? Bem, adivinhem: 


O pior disso é que pra ela não tinha diferença alguma ter um bebê dentro dela porque ela ainda queria continuar fazendo sexo tranquilamente e fingindo que não tinha nada de diferente, e com isso entendemos o motivo pra ela querer lutar nesse mundo, ela pode talvez assim "abortar" essa criança não tão desejável usando o máximo de energia possível, se bem que ela não fez nada disso ainda. 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nada muito "ooh" pra falar do mangá, esse capítulo foi deveras interessante, mesmo sendo muito para maiores de 18. Mas acabamos conhecendo um pouco da personagem que me mostrou ser inteligente, ter uma ninfomaníaca em um grupo de matadores de demônios não parecer ser algo chato assim.

Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que está lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :3

0 comentários:

Postar um comentário