16 de fev de 2017

Cursando Letras


Aloha Família. Amantes da língua portuguesa e futuros professores que são apaixonados pela profissão mesmo recebendo pouco. Nessa manhã ensolarada e um pouco abafada que talvez só piore ate de tarde, estou trazendo mais uma postagem para o blog, pra conversamos um pouco sobre o meu curso na faculdade, um pouco do que eu passo e como o ano esta começando quem quiser fazer vestibular para área vai ter uma noção do que vai enfrentar. 

Toda vez que eu falo que faço curso de letras sempre escuto uma piada que na hora é engraçada, ou melhor, na primeira vez foi engraçada porém hoje em dia virou algo massante e meio sem graça que é "mas quem só faz esse curso não é mulher?" Não não, homem também faz, eu estou fazendo e por sinal sou o melhor aluno da sala com base na minha opinião

Bem pra quem não sabe, curso de letras é uma área de licenciatura, isto é, virar professor da área que está cursando, você ter o direito de licenciar essa área, e quem cursa letras está se formando para ser professor de português, porém é o português e mais alguma coisa, o normal e mais encontrado são cursos de letras - português e inglês, porém existe diversas outras línguas, no meu caso eu faço português e literatura, não optei por nenhuma língua pois não pretendo ser professor de outras línguas eu na verdade quero ser professor de português e literatura porque meus amigos o que é melhor do que livros? Gosto de imaginar esse desafio, fazer jovens pegar em livros com uma vontade de ler e não só ler porque o professor mandou. 

Um pequeno equívoco que vejo na parte de uma galera que não cursa ou simplesmente não sabe mesmo é achar que por exemplo digamos que você vai escolher: português e japonês como seu curso, e assim vai para a aula achando que via  aprender o japonês e no seu primeiro dia o professor entra já falando várias coisas que você só ver nos animes e doramas, sua cabeça trava e você fica tentando entender ou fica esperando o professor para e soltar aquelas risadas sem graças mas que todos na sala irão rir porque querem pontos. Bem sinto lhe informa que isso acontece porque no momento que você ingressa em uma das línguas em muitas universidades e a minha é uma delas você está dizendo que sabe essa língua e só está ali para aprender a dá aula dela, como se estivesse ali só pra pegar um papel dizendo "eu posso dá aula de inglês" e é bem isso mesmo em algumas universidades, não que você não vai aprender nada, você pode ser louco e entrar sabendo nada, porém saiba que não vai ser fácil, e nem tente dizer "gosto de desafios" amigo, pipolho que acabou de sair do ensino médio, a vida não é esse mar de rosas que você ver em filmes, a faculdade em si já é complicada, imagina você entra sabendo nada, é como se eu trocasse letras por matemática, acho que eu teria um infarto. 

Voltando ao meu caso, eu estou terceiro período atualmente e nessa semana voltou finalmente as minhas aulas é engraçado muita gente reclamando sobre as voltas aulas e eu estava em uma expectativa enorme, talvez porque a turma que eu estava antes era muito chata e eu só estava aprendendo conceitos pedagógicos não que não seja importante porém digamos que é enjoativo demais, e bem turma praticamente nova e matérias diferentes que por algum motivo inocente eu achei que seria fácil e alegre inocente, duas coisas acabaram comigo, a primeira é que só tem eu de homem na sala provando assim aquela piada sem graça de só mulher fazer letras que eu comentei ali em cima, e a outra é que tudo que eu imaginei de letras na minha cabeça foi bem embrulhado e jogado no fundo do mar sem chance de sobreviver, eu falo isso porque eu sou apaixonado pelo português pela sua história de criação e tudo mais, logo eu sei razoavelmente bem um pouco de galego-português e eu deduzi antes de pisar na sala que em algum momento do curso iriamos falar sobre isso, no entanto eu não achei que seria no primeiro dia de aula e que já teríamos um exercício de identificação de texto e tradução do mesmo, eu li todo aquele texto em galego-português e eu queria sofrer de infarto e ir cursa matemática.

Digamos que estou exagerando um pouco só um pouco na história, mas que foi, não assustador mas sim bem desafiador toda a aula podemos colocar que sim, eu costumo dizer que cursa matemática não é pra qualquer, assim como física e química, para cursa uma dessas matérias de fato a pessoa tem que gostar daquilo ou melhor amar aquilo que esta estudando, dormi e acorda fazendo aquilo, minha cunhada por exemplo cursa matemática e a mulher dorme e acorda fazendo conta é algo anormal, e não é só eu que penso assim, muita gente deve pensar que pra cursar matemática, física e química a pessoa tem que amar muito a área, mas meus amigos temos que lembrar que para o português é a mesma coisa, pra cursar letras a pessoa também tem que amar aquilo, porque ontem na aula que tivemos que traduzir o texto, eu vi pessoas batendo cabeça não pelo texto esta difícil mas sim porque não conseguiam pegar a essência do texto, eu vi que não tinha amor nos olhos dela, que talvez estão ali porque o pai ou a mãe colocou ou porque não acharam nada ou talvez porque estão fugindo da matemática, bem qualquer coisa levou elas cursa letras menos o amor.

Eu sou apaixonado pelo o que curso, letras se tornou algo no meu dia a dia, da mesma maneira que a minha cunhada dorme e acorda fazendo conta, eu durmo e acordo escrevendo, lendo e compreendendo um pouco mais da nossa língua portuguesa, não só ela, mas como um pouco mais do latim, inglês, espanhol etc... Um pouco mais da literatura brasileira e de todo o mundo, eu sou apaixonado por letras e gosto de me gabar disso, gosto de falar e colocar no meu currículo que o meu português é avançado, eu gosto de falar isso mesmo que isso me cause um pouco de tristeza, tristeza por saber que muita gente não sabe nem se quer falar e escrever a sua língua nativa, que muitas das vezes um estrangeiro falar melhor. No entanto cá estou eu, e você se no caso já cursa letras ou esta pensando em cursa, nós estamos aqui como futuros professores dessa língua para mostrar esse mundo maravilhoso que é o português, mostrar as grandes obras da literatura brasileira, apresentar livros como Dom Casmurro e explicar toda a essência que nele tem e assim desperta o interesse na leitura dele que por sinal é um livro incrível. Eu falo isso com tanta vontade e alegria porque foi assim que aconteceu comigo, no final do meu ensino fundamental, lá para o 8º ano eu conheci a professora Wanda, que foi como um anjo pra mim e mudou toda a minha cabeça em relação a letras, um dia quem sabe eu falo melhor essa história, eu comento sobre ela agora porque eu quero que você assim que começar suas aulas se caso ainda não começou que tenha um pouco de paciência com seu professor, que admire e respeite ele, pois talvez ele mude a sua vida...

Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

Um comentário:

  1. Parabéns vc vai longe...
    Nunca peca o foco...
    Vc merece o melhor que Deus pode da... te amo como filho...

    ResponderExcluir