22 de mar de 2017

A Primeira Vez


Aloha Família. Navegantes de primeira viagem e Envergonhados por coisas bobas. Hoje nessa noite quase madrugada estou trazendo mais uma postagem para o blog, passei o dia preso no hospital já que eu quase morri, mas cá estou quase novinho em folha trazendo esta postagem, noite nublada e com uma carinha de chuva que iria melhorar mais a minha recuperação. Hoje iremos falar um pouco da minha primeira vez, um dia eu teria que comentar isso e esse dia é hoje.

Quem nunca teve a sua primeira vez? E sejamos sinceros nunca é algo agradável, em sua grande verdade é muito constrangedor e meio polêmico se alguém ouvir do que se trata, a minha primeira vez por sinal foi algo meio aterrorizante e minha família ficou bem abismada com tudo isso, e olha que foi só um episódio de 20 minutos... Imagina se fosse uma temporada toda, e sim estou falando de Hentai, se alguém pensou que era outra coisa sinto-lhe informa que não vai ser hoje. 

Eu já falei muito aqui no blog, ou melhor eu só devo ter falando de hentai nos últimos meses aqui no blog, e creio eu todo mundo aqui já assistiu alguma vez essa talvez obra divida e engraçada da raça humana. Então tudo que irei falar aqui nem vai ser algo constrangedor para alguém pois você já passou por isso, se não assistiu em anime leu em mangá ou leu light novel... Não importa em qual veiculo transmissão você viu, o que importa é que você viu e convenhamos você viu.

Já faz bastante tempo que vi meu primeiro hentai, eu já tinha ouvido falar sobre o que era mas nunca tive esse interesse em pesquisar, pode não parecer verdade mas tem muita coisa na internet que eu faço piada e eu nunca parei pra ver como por exemplo um bem famoso e antigo 2 Girls 1 Cup que eu vi relatos engraçados e nojentos das pessoas mas nunca parei pra ver e entender do que se trata, só sei que é muito nojento, mas vamos voltar ao hentai...

O meu primeiro hentai foi Bible Black, não só meu primeiro mas como de muita gente que esta lendo essa postagem e é das antigas, BB foi a porta inicial de muita gente para esse mundo obscuro e muitas vezes anormal que conhecemos tanto, a principio eu encarei muito bem tudo que estava acontecendo porque eu já tinha assistido muito To Love-Ru e tinha lido muitos mangás meio pesados, porém ainda sim Bible Black foi um choque de realidade bem surreal, claro que depois dele eu fui em várias categorias diferentes, indo sei lá de lolicon a tentáculos no entanto no sim eu acabei me prendendo ao colegial mesmo que tem muita comédia e meio drama, hentai com história é outra coisa né. 

Bem voltando de novo ao tema eu escapo dele sem perceber eu tinha meus 15 anos quase fazendo 16, estava animado com a onda de animes que eu estava conhecendo, o meu espirito otaku queria cada vez mais subir um degrau para a raça superiores dos nerds, e eu simplesmente decidir que estava na hora de procurar algo mais "adulto". Meus amigos vocês não fazem ideia do plano que eu montei para conseguir assistir um episódio se quer, tiver que adiantar todas as minhas tarefas, tomar vários banhos no dia, beber quase todo o café da casa para assim conseguir passar de meia noite e ainda continuar de pé, esperei até 2 da manhã para todos dormi, verifiquei várias vezes para confirma, coloquei armadilhas na porta do quarto pra me avisar se alguém tentasse entrar, única coisa que faltava era colocar o vídeo para carregar, depois de alguns minutos carregando porque né você fazendo algo "errado" tudo parece demorar. Eu sentei, respirei fundo e dei play no vídeo, primeira coisa que percebi era que algo estava estranho, eu imaginava hentai já começando com o tiro na cara, tentáculos saindo do chão e entrando em geral mas não, pelo contrário disso tudo teve mó historinha bonitinha acontecendo, mas no fim algo rolou, eu fiquei surpreso para o nível de detalhes e o profissionalismo do dubladores em cada cena, e quando tudo estava prestes a ficar melhor... PAH.... Eu ouvi um barulho na porta, minha mãe tinha aparecido no quarto para ver o motivo de tudo ainda esta ligado, já que o gênio que esta escrevendo fez tudo isso mas deixou as luzes da casa toda ligada inclusive a do próprio quarto. Em qualquer situação diferente era só fechar a janela do hentai e só ouvir algum esporro da mãe pelo horário, porém comigo nada acontecer tranquilamente, o meu computador simplesmente travou, não quis fechar, não quis deligar, não quis fazer nada, só ficar congelado com a cena talvez mais pornográfica de todo o episódio. Olhando essa cena, primeiro a minha mãe riu, meus amigos como ela riu, depois ela ficou meio preocupada com o nível da minha otakisse e virgindade, que sem querer ouvir o que eu tinha para falar, esperou todos acordarem ainda de madrugada e compartilhar do meu sofrimento e vergonha... Depois de 6 anos eu ainda escuto meus irmãos fazendo piada sobre o caso, claro que hoje eu já vi eles fazendo coisa pior e me aproveito disso, porém eu fui o iniciador da coisa, eu comecei com essa triste realidade dentro desta casa. 

Depois de relatar com vocês a minha primeira vez, eu não posso acabar essa postagem se soltar essa dica:
Quer assistir algo? Desligue a luz do quarto, se possível tranque ele também
 Eu poderia ser pego assistindo vídeos pornográficos né? Mas não, o orgulho da família é pego com hentais. E vocês? Qual foi a primeira vez de vocês com os hentais? Nem adiantar ficar com esse orgulho falso de "eu nunca assisti" Você já assistiu sim, só não quer se envergonha disso, tem gente que ver até hoje e nem por isso faz esse drama todo. Não precisar responder aqui como foi, pode ser algo para você refletir mesmo, mas se quiser falar os comentários não serão zoados, eu prometo que tentarei fazer isso. 

Então isso é tudo pessoal

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

0 comentários:

Postar um comentário