20 de mar de 2017

Capítulo Dois - O Clérigo Preso


Chegando na portaria da delegacia o trio percebeu que não é só lá fora, mas por dentro da delegacia quase não tinha nenhum guarda, somente um anão que ficava andando no corredor das celas indo e voltando como se fosse um robô seguindo uma linha de comando, e perto da portaria o comandante dos guardas ficava de prontidão esperando qualquer emergência para agir, tudo isso o Ragnar já tinha decorado nos seus primeiros dias de serviço como voluntário na guarda real, e foi colocado em prova tudo que ele sabia, assim que o trio deu alguns passos já foram parados pelo comandante na entrada.


- Alto lá, quem são vocês? E o que desejam? – Diz o comandante sem percebe o Ragnar estava no meio do grupo

- Senhor, recebi o chamado para vim o mais rápido o possível, minha patrulha acabou e fui ordenado a ficar aqui até o fim do meu turno – Diz Ragnar tomando a iniciativa no trio - Estou sob seu comando para qualquer coisa

- Oh claro claro! Me desculpe por não reconhecê-lo logo de cara, este dia é sempre muito agitado e cansativo para todos na guarda, principalmente para os comandantes – Diz o comandante tentando acabar com o clima ruim que causou recentemente

- Senhor, além de ficar de guarda aqui, fui informado quem um elfo foi preso, é verdade? Gostaria de saber confirma isso já que eu tenho um clérigo no meu grupo que também é elfo e que é um antigo conhecido da guarda real – Diz Ragnar suspirando com todo a confusão que foi causada

- Ah sim, temos um prisioneiro elfo aqui que estava causando um alvoroço mais cedo e tivemos que prendê-lo por perturbação pública, mas não creio que tal sujeito faça parte de um grupo que tenha você como líder – Diz o comandante apontando para o corredor de celas.


Ragnar agradece a informação e o elogio do comandante e antes que pudesse falar qualquer coisa foi interrompido por um outro guarda que veio informar o pedido de comparecimento que foi exigido direto do templo pelo próprio rei, o comandante deixou de lado todo o seu ar de grandeza que antes tentava falhamente demonstrar para todos e saiu em correndo com o guarda. Ragnar junto de seu trio foram diretos para o corredor de celas que estavam vazias até a ultima na qual lá estava seu companheiro de grupo dando diversos golpes com seu cajado em uma pequena janela gradeada que mostrava a rua. O trio foi recebido pelo guarda que ficava tomando conta das celas que descreveu todo o caso e o motivo da prisão do clérigo que ao ver seu grupo reunido do outro lado da cela parou rapidamente com as batidas e foi rindo em direção a eles


- Primeiro eu tenho que ouvir do guardinha ali que o Ragnar é o líder e agora tenho que olhar para essa sua cara... Sério mesmo James? – Diz Floki segurando as barras da cela  encarando o clérigo.

- Eu não fiz nada demais ok? Eu apenas estava a procura de novos servos para o meu senhor – Responde James batendo seu cajado no chão - A culpa é minha se meu senhor me faz seguir caminhos rigorosos para trazer novos adoradores?

- Sempre é essa desculpa James, quando vai aprender que não se arruma servo dessa maneira – Diz Ascherit com um olhar de desaprovação

- Quantas vezes já tiramos você da cadeia só esse mês? – Pergunta intrigado Ragnar

- Ascherit eu conheci meu Deus assim, logo todos devem passar pela prova que eu passei e também eu estava prestes a conquistar mais súditos ao meu senhor – Diz James seriamente para Ascherit e logo em seguida voltando-se para Ragnar com um sorriso -  Ragnar o mês começou hoje, então se me tirar hoje daqui vai ser uma só...

Interrompendo a conversa o guarda carcereiro diz - Infelizmente senhor clérigo, se quiser sair hoje o seu grupo vai ter que conseguir a quantia de 50 peças de ouro, senão somente vai ser libertado daqui a 3 meses ou quando o Rei quiser que sendo sincero Ragnar você sabe mais do que todos aqui que isso não vai acontecer

- Espera que eu não ouvi direito é o que mesmo? 3 MESES, NÃO NÃO ELE PRECISA SAIR HOJE – Exclama Floki – Mesmo odiando esse sujeito precisamos dele no grupo senão como iremos consegui dinheiro nesse meio tempo? Não da pra simplesmente se aventurar sem um clérigo do lado

- Exatamente meu caro! Senhor carcereiro isso não é que você está inventando né? Essas pobres almas precisam de mim e do meu senhor cuidando deles – Diz James com um ar de superioridade
50 peças de ouro... ou... 3 meses – Diz o guarda confirmando o fim do assunto


Ragnar se afasta do carcereiro levando consigo a Ascherit e o Floki para bolar um plano, alguma 
maneira de tentar convencer o guarda a diminuir o valor pois mesmo sendo um guarda ali Ragnar ainda era só um voluntário ele só seguia ordens ele não poderia criar elas. Depois de muito pensar o trio retorna ao carcereiro que tenta ignorar as diversas tentativas do James de tentar fazer dele um súdito de seu Deus


- Faremos assim meus dois amigos aqui irão atrás da quantia enquanto estou na guarda e assim que eles voltarem com o dinheiro o nosso companheiro vai ser solto certo? – Diz Ragnar tentando confirma se realmente era aquilo carcereiro falou

- Sim como o comandante disse ele deve ser libertado assim que for pago a quantia de 50 peças de outro, mas como seus amigos irão conseguir isso? Roubando? – Pergunta o guarda enquanto fita de cima a baixo Floki

- Por acaso o senhor está insinuando que eu sou um ladrão? Só por que estou usando um sobretudo preto? Só por que carrego adagas? Só por que eu estou de olho na sua sacola de dinheiro que esta no seu bolso? – Pergunta Floki de braços cruzados - Seus superiores talvez saibam dessa acusação

- Não meu caro, só me surgiu essa idéia na cabeça agora – Diz o guarda rindo enquanto empurra sua sacola de dinheiro mais para dentro do bolso

- E também fiquei na dúvida de onde você vai arrumar esses dinheiro Floki, a Ascherit eu sei que é boa moça já você... – Diz James com braços cruzados tentando entender tudo

- James... Cala a boca por favor, e meu caro homem da lei, pode não parecer mas eu sou um homem que tem o dom de satisfazer os mais estranhos prazeres das pessoas – Diz Floki enquanto tirando o sobretudo e jogando no chão

- Sem mais papo por favor, principalmente desse assunto novamente, por favor Ascherit vá com Floki e arrume esse dinheiro – Diz Ragnar pegando o sobretudo do chão e jogando na cara do Floki


Ascherit depois de rir bastante pega Floki pelo braço e arrasta ele pelo corredor das celas em direção a saída enquanto o Floki ficava fazendo uma dança ou uma tentativa de dança sensual para o guarda, depois de alguns longos minutos Ragnar sai da delegacia e encontra com Floki e Ascherit na esquina encostados na parede de braços cruzados


- Aquele showzinho lá dentro foi bem desnecessário – Diz Ragnar em desaprovação
- Quem disse que foi showzinho? Eu realmente tenho esse dom meu amigo – Diz Floki novamente a tirar o sobretudo

- Floki para agora com isso e começa a agir seriamente, nosso companheiro vai ficar lá por 3 meses se nada foi resolvido agora e como eu tenho certeza que você não tem 50 peças de ouro, me diga o que tem em mente – Diz Ascherit batendo o pé no chão e cruzando os braços

- Bem... Meu plano é simples o primeiro passo já foi realizado que é fazer o guarda achar que realmente fomos atrás do dinheiro, agora o que temos que fazer é simples eu troco de roupa com Ragnar, entro lá dentro ataco o guarda pelas costas e consigo as chaves da cela – Diz Floki com braços abertos e um sorriso de ponta a ponta

- Definitivamente não! Você ficou maluco que eu realmente irei entregar minha honrar para você destruir tudo com um piscar de olhos – Exclama Ragnar andando de um lado para outro - Temos que pensar em outra coisa

- Olha... essa é a nossa melhor opção por hora, ou melhor dizendo é a nossa única opção Ragnar, eu entro com ele e não deixo ele fazer nada demais, você mesmo não teria coragem disso logo é mais simples ele fazer isso – Diz Ascherit enquanto segura o Ragnar pelos ombro olhando em seus olhos - Sei que é um homem da lei, porém 50 peças de ouro é algo quase impossível e não temos o dia todo

- Eu sei que irei me arrepender disso depois, ah como eu sei que irei me arrepender – Diz Ragnar levando a mão na cabeça - Por favor Ascherit não deixe ele fazer nada demais mesmo


Depois de aceitar o plano de Floki o trio foi até a casa do grupo para a troca de uniformes e identidades, e retornaram a delegacia, dessa vez Floki e Ascherit entraram discutindo fazendo parecer que o Ragnar tinha prendido a Ascherit enquanto ela tentava roubar um caixeiro viajante. Nessa confusão armada pelos dois o guarda carcereiro veio correndo para ajudar o então Ragnar, Ascherit fingi cair no chão e quando o guarda pula em cima de seu corpo para colocar algemas em questões de segundos Ascherit prova o motivo de ser a melhor lutadora do grupo e consegue impedir o guarda ficando por cima dele depois de fugir das algemas, logo em seguida depois de três golpes em sua nuca desferido pela Ascherit o guarda cai desmaiado e com as algemas Floki prende seus braços e joga ele em uma cela ao lado da que o James estava preso


- Eu já disse que eu amo vocês? Sério mesmo que me libertaram assim? – Diz James enquanto corre para abraçar Floki e Ascherit - E você hein Ascherit nunca imaginei que faria tal coisa, Floki mudou seu pensamento mesmo

- Cala a boca e cura minha mão, nunca imaginei que iria ter que bater tanto naquele guarda para fazer desmaiar – Diz Ascherit enquanto tenta aliviar a dor em sua mão direita

- Humanos minha querida, depois de anões humanos são seres bem complicados de se derrubar – Diz Floki trancando a cela com o guarda desmaiado e jogando a chave dentro de um vaso sanitário da cela ao lado

- O estranho disso tudo é o Ragnar deixa você fingir ser ele só para me liberta, e olha que eu realmente achei que iria conseguir o dinheiro – Diz James enquanto segura a risada

- Vamos sair desse lugar e depois vocês dois podem livremente conversa ou se matar, sinto que a qualquer momento alguém vai descobrir isso – Diz Ascherit enquanto olha para trás

- Descobrir até irão, pegar a gente já é outra história, na pior das hipóteses eu sou o único inocente – Diz Floki saindo da delegacia e indo de encontro a Ragnar que estava começando a ficar aflito pela demora do grupo

- Não acredito que esse seu plano realmente deu certo, tenho que começar a mudar meu pensamento sobre você Floki – Diz Ragnar levando a mão ao ombro de Floki com um sorriso no rosto

- Então... Nem tudo deu realmente certo assim... Tivemos um pequeno imprevi... – A fala de Ascherit é interrompida pela mão de Floki em sua boca enquanto olha para ela com um sinal mandando ela calar a boca - Não precisa dizer os detalhes ok? - Diz Floki sorrindo ironicamente

- Floki... O que vocês fez seu idiota? – Pergunta Ragnar irritado - Essa cena agora foi o suficiente para desperta as minhas duvidas

- Na--nada cara... calma – Diz Floki com um sorriso sonso - Eu falei que não iria fazer nenhuma loucura

- Vocês levam tudo a sério demais... Ragnar o Floki e a Ascherit desmaiaram aquele guarda lá e prenderam ele na cela... Simples assim gente – Diz James sorrindo com os braços cruzados - Não consigo entender isso tudo, vamos ser sincero gente


Antes que Ragnar pudesse esgoelar o Floki pelo ocorrido dentro da delegacia, uma barulheira é ouvida vindo do centro da cidade, próxima ao templo do clérigo, o grupo esquece seus problemas por dois segundos e todos correm em direção a cidade para saber o que aconteceu, chegando lá todo o grupo fica sem entender o motivo de ter tantas pessoas próximas ao templo e o porque de agora ter um corrente de humanos e elfos cobrindo a passagem para o templo, ninguém sabe o que aconteceu e ninguém quis informar, os boatos que Ragnar e seu grupo escuta é que a orbe mágica do clérigo foi roubada, porém nada ainda confirmado. 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Pra quem tem James como companheiro de grupo nem precisa de inimigo né? Será que ele vai piorar nos próximos capítulos ? Será que ele vai fazer outra loucura? Ser preso de novo? 

Bem... Aguardem os próximos capítulos. 

Você pode ler também nos sites: 

Spirit Fanfics
Nyah Fanfiction

Então isso é tudo pessoal

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

0 comentários:

Postar um comentário