1 de mar de 2017

Como EU aprendi Inglês


Aloha Família. Senhores de cursinho online e professores americanos 24 horas por dia. Hoje estou aqui nessa noite de quarta-feira gelada e com muito sono, trazendo hoje mais uma postagem para o blog, pra conversamos um pouco sobre como eu aprendi inglês e coisas que eu não acho legal pra quem quer aprender, sem muita enrolação vamos a postagem.

Sempre quis fugir desse assunto, ou pelo menos não comentar ele aqui no blog, mas parece que vou ter que comentar sim sobre, acontece que eu vejo muita gente perdida na internet sobre como aprender essa língua "tão" difícil que é o inglês. No entanto eu ultimamente vejo mais pessoas mostrando a solução do que o problema para aprender o inglês, e todos os exemplos que irei citar aqui não tem relação com uma pessoa especifica mas sim com todas as pessoas ao mesmo tempo. Não tem graça atirar em uma pessoa só, gosto de ir direto em todas, até porque todas elas são iguais, só muda o nome, todos usam o mesmo método e só mudam o nome e ficam se matando na internet. 

Quando eu comecei estudar inglês eu vi muito canal no youtube que sempre tem algo como "uma semana de aula", a pessoa diz que você vai aprender inglês em UMA SEMANA, eu na época fiquei maluco para aprender, já que estudei a minha vida toda no colégio e o meu conhecimento era muito básico quase nulo, porque sim da pra aprender inglês no colégio aqui no Brasil é só se empenhar bastante tal coisa que eu não fiz muito, lembrando também que eu sempre estudei em colégio público caso alguém queira dizer algo com: "mas colégio particular é outra história". Ai eu todo inocente ia lá e colocava meu e-mail e ficava todos os dias aprendendo as dicas sagradas daquela pessoa para aprender o inglês, e no final da semana depois de ouvir essas dicas que até então eu já sabia, a pessoa dizia com um sorriso majestoso que ela tinha um curso particular de 3 meses que ensinaria outras técnicas e dicas para aprender o inglês e se eu quisesse ser o senhor deus sagrado do inglês tinha que entra nesse curso dela e na hora me veio o pensamento "ué, ela não falou que eu iria aprender o inglês em uma semana? Por que agora do nada eu tenho que entrar em um curso de 3 meses pagando para ouvir mais dicas?" Bem óbvio que eu não entrei nesse curso de 3 meses, e decidi pesquisar mais a fundo sobre outros meios de aprender o inglês e todos eles acabava em uma pessoa aleatória convidando para uma semana de dicas e depois 3, 4 ou 5 meses de cursos particular, que ainda por cima dava certeza que a pessoa iria sair fluente do inglês e isso me irritava e ainda me irrita bastante.

Porque na minha opinião de professor futuro professor no momento que alguém da certeza que outra pessoa vai aprender algo essa pessoa está dizendo algo esta muito errado, não temos como ter certeza do aprendizado de uma pessoa que nunca vimos só colocando na mesa a sua didática, não é assim que funciona o mundo dos conhecimentos, pra mim temos que ter confiança sim, na nossa didática e com isso na hora de ensinar temos que ter uma paciência para esperar que o aluno aprenda e se ainda assim ele não aprender temos que ter toda uma analise do que ele precisa pra aprender, não simplesmente chegar em um vídeo e em 2 minutos dizer que depois de 3 meses de curso a pessoa vai ser fluente em inglês. 

Depois dessas leves dores de cabeças com essas falsas promessas e tentativas de tirar o meu pouco dinheiro, eu optei por pesquisar apostila na internet para aprender, no entanto assim como eu acabei de falar ali em cima, nada ia pra frente e a apostila não me ajudava na hora do estudo. E como eu não tinha nem tempo, nem dinheiro para investir em um curso de 3 anos que assim como os da internet confirma que a pessoa vai sair fluente, eu comecei a ficar meio perdido no que fazer, eu não queria perde meu tempo em semanas de dicas, não queria ir para um curso e ficar 3 anos para dizer "hello, my name is..." e muito menos ficar lendo paginas aleatórias de postilas da época que o Lula ainda era presidente. Fiquei quase um ano sem nem se quer tocar no inglês, não assistia seriados, não ouvia música nem nada do gênero, comecei a estudar o japonês porque parecia ser mais fácil e as pessoas que estavam dispostas a ensinar na internet de fato ensinavam algo mas isso é pra outra postagem. Depois de sair do ensino médio eu vi que muitos empregos tinham como requerimento principal ter algum nível de inglês no currículo, e eu precisava pagar minha faculdade, eu queria fazer algo porque ficar atoa não é algo legal e nem saudável, e ai que eu mais uma vez decidir pesquisar na internet maneiras de aprender inglês e eu descobri como. 

Então o que eu irei dizer agora é como EU e somente EU e até agora só encontrei uma pessoa que no caso é EU aprendi o inglês, não fluentemente porém bem avançado a ponto de conseguir conversa com alguém, ler livros e entender as músicas que por sinal tem muita ai que xinga bastante e a gente fica cantando como se não fosse nada. Eu encontrei um site que também tem aplicativo para celular e os dois juntos aumenta bastante o aprendizado, o site em questão é o Duolingo, e sim vocês devem saber qual site é esse, não por pesquisar como aprender o inglês, mas sim pelos canais e sites que "ensinam" o inglês em "uma semana", muitos desses sites dizem que o Duolingo não é uma ferramenta boa para aprender, por diversos motivos e eu descobri que todos estão enganados, pelo menos comigo tudo foi ao contrário do que eles disseram. Duolingo sim ensina bastante a gramática do inglês, eu aprendi com mais firmeza o verbo to be entre outros, coisa que os "professores" falam que não é algo bom, que você quando for aprender o inglês tem que forcar na conversação, e a ferramente principal que você tem que aprender é o "listening" que traduzindo é algo como "ouvir" você tem que ouvir muito e assim você vai aprender a falar e assim vai ser fluente... OK OK. Bem comigo como falei foi o contrário, eu comecei a estudar no duolingo fiquei alternando entre o site e o aplicativo, ouvi bastante como pronunciava cada palavra, aprendi bastante como escrever e ler da forma correta cada palavra e depois de um ano de estudos que no caso foi ano passado 2016, eu conseguir ler um livro todo entendendo tudo, claro que eu tive algumas pausas em palavras complicadas, porém digamos que 90% do livro eu li tranquilamente e eu não precisei ficar horas e mais horas ouvindo coisas e lendo o mesmo texto ate aprender a pronunciar algo, mesma coisa quando conversei com a minha amiga que hoje mora no Canadá, eu não fiquei tentando pronunciar a palavra certa eu simplesmente conversei com ela, errei em algumas coisas, porém a grande maioria saiu tão natural e sem erro que nem me preocupei, a galera costuma criar um ser mitológico de 200 cabeças na hora de falar algo, achando que vai falar perfeitamente e se errar merecer ser morto pisoteado por cavalos no deserto do Chile isso tudo chega a ser engraçado. 

Resumindo tudo: Sim eu aprendi inglês no duolingo, ele me deu toda uma base bem firme do inglês e eu melhorei depois tudo nos seriados e nos livro, ouvindo algumas músicas e também assistindo muito desenho infantil em inglês, eu não precisei de 3 meses de curso online particular, e nem de 3 anos em escolas de inglês, eu aprendi tudo em 1 ano, estudando todos os dias mais ou menos 4 horas, terminei meu inglês claro que ainda não esta completo, ainda tenho muito que aprender e eu sempre gosto de ficar fazer alguns exercícios novamente pra melhorar tudo. Comecei agora o espanhol e logo em seguia vou para o latim, e também semana passada eu acabei meu curso de libras porém esse foi presencial em uma escola mesmo. 

Então se você quer aprender o inglês, primeiro você tem que gostar na língua e querer aprender ela, se quiser fazer como eu fiz no duolingo eu recomendo também, não sei se contigo vai funcionar da mesma maneira que funcionou comigo, talvez leve 2 anos, talvez leve 3 meses, talvez nem se quer funcione, porém não custa tentar, não é pago, não vai precisar sair de casa e nem esperar uma semana, talvez alguns minutos ou horas do seu tempo. Eu aprendi inglês, estou aprendendo o espanhol assim, pretendo aprender todas as línguas que tem lá usando o mesmo método porque comigo pelo menos funcionou, e acredite não existe sensação melhor é algo de fato maravilhoso conseguir ler um texto todo e entender tudo aquilo, assistir vídeos e seriados em inglês, viver em um outro mundo, nem lembro mais quando li um jornal aqui do Brasil, quase todas as manhãs estou lendo o The New York Times não para saber das notícias de lá, mas só pra confirma que eu aprendi mesmo. 

Então isso é tudo pessoal
Talvez eu faça uma parte dois dessa postagem, ainda tenho muito pra falar
Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :3

0 comentários:

Postar um comentário