16 de abr de 2017

Primeiras Impressões - Tsugumomo


Aloha Família. Usuários de Perucas Saltitantes e Servos de Mantas. Cachecol aqui nesta noite quase madrugada gelada e muito cansativa eu mesmo quase estou morrendo, trazendo hoje meus amigos mais uma postagem para o blog, mais uma primeira impressão desta vez de Tsugumomo um anime que não tem muito ao que oferecer em questão de staff, porém em questão de história temos ai uma trama interessante para se acompanhar

Tsugumomo: 

É um anime que de cara, assim que começamos assistir não damos muito valor, eu pelo menos achei os traços bem leves, abertura bem fraquinha e até então eu pensei que seria assim, porém mais a frente às coisas mudam nesse primeiro episódio, eu vi uma luta bem anormal acontecendo, gostei dessa suavidade no meio das lutas foi tudo no 2D bem colocada, nada daquele 3D forçado que alguns diretores jogam na cara. Ouvir dizer que também o anime tem o foco em ecchi e de vez em quando tem um pouquinho de ação, eu posso dizer que sim tem um ecchi no meio daquilo tudo só que não creio que pelo menos no anime vai ser uma parte tão priorizada assim, pode sim ter ecchi porque dizem que o mangá tem bastante, aquele ecchi pesado por sinal, mas não arrisco dizer que isso vai atrapalhar o anime, pelo menos não vai se o anime tiver lutas como as do primeiro episódio, talvez o anime coloque ecchi como só uma base para aparecer algo aqui ou ali. A história parece ser interessante pois temos um mistério principal sobre a mãe do protagonista, eu disse que parece ser interessante porque vai que o roteirista simplesmente ignora tudo e todos e se junta com diretor e faz um novo anime, o que tem de adaptação fazendo isso... Meus amigos... Porém vamos ver no que na, nas considerações finais no fim da temporada eu digo se valeu ou não a pena assistir o anime se continuou na mesma onda que o primeiro episódio teve. 
Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

0 comentários:

Postar um comentário