15 de mai de 2017

Capítulo Sete - Esqueletos Da Noite



O som que parecia ser quase nulo, vinha cada vez mais próximo ao grupo que já estava atento com armas em punho. Ascherit fitou com precisão a mata de onde James e Floki trouxeram os gravetos e ficou esperando que algo aparecesse, no entanto nada surgiu. O grupo se uniu encostando suas costas fazendo assim uma formação de luta quando está cercado por inimigos. Alguns minutos se passaram e nada aconteceu James já cansado daquilo tudo junto também do dia agitado e do caminho até ali já queria desistir de tudo, e quando ele se afastou do grupo para ajeitar seu saco de dormi uma flecha veio em sua direção em questões de segundo atravessando por completo seu saco de dormi e só parando ao bater um tronco de árvore caído no chão. Rapidamente o grupo correu até o tronco Ragnar o mais experiente do grupo em questão de arcos e flechas retirou calmamente o arco do tronco para avaliar o tipo de munição que foi atirada contra eles, se deviam ou não se preocupar com isso. Só que não foi preciso muito tempo pra pensar Ragnar logo após avaliar a flecha quebrou-a no meio jogando no chão com um olhar de raiva, se virou para frente na direção aonde a flecha foi disparada e ficou pronto para o ataque, o grupo sem muito entender seguiu o anão.

- Aquela flecha é de algum lugar? Podemos considerar eles como inimigos? – Pergunta Ascherit confusa
- Eu não quero saber se são amigos ou inimigos, eu quero matar quem destruiu meu saco de dormi – Diz James com olhos brilhando em um verde negro e ao mesmo tempo seu cajado começando a soltar uma fraca fumaça negra
-  Sim, são inimigos Ascherit, essa flecha é de um reino não muito próximo da cidade de Coronar – Diz Ragnar virando o olhar para flecha quebrada que está no chão
- Só temos que matar certo? Não vai ser algo muito difícil – Diz Floki tomando a frente do grupo e indo devagar para onde a flecha foi atirada – Foi daqui né Ragnar? Só entra e tirar daqui quem está escondido? – Diz Floki sorridente enquanto se vira para o grupo

 Logo após a fala de Floki outra flecha é atirada agora na direção do mesmo, porém antes que a flecha penetrasse o corpo do anão ladino um escudo negro surgi pausando o destino da flecha no ar e a mesma se destrói como um frágil galho de árvore, esse escudo pertence a Ascherit que irritada empurra Floki para trás dela dizendo que os inimigos estão próximos e que não se deve brincar com uma ameaça que não se dá pra ver, guiando e protegendo Floki de volta ao grupo Ascherit encara a mata com espada e escudo esperando outro ataque surpresa. Mas o que surge é algo nunca imaginável antes, quatro inimigos surgem frente ao grupo, um arqueiro, dois guerreiros e um comandante com um florete em mãos, inimigos comuns só que com uma pequena peculiaridade os quatros inimigos são esqueletos secos e com um ar de mortes, todo o grupo pisca os olhos diversas vezes pra confirma que realmente era aquilo que estava frente a eles. Antes que pudessem decidir o que fazer o que parecia ser o comandante dos esqueletos grunge algumas palavras incompreensíveis e o arqueiro inimigo novamente atira contra o grupo de Rangar só que mais uma vez a flecha transforma-se em poeira ao bater no grande escudo negro da Ascherit, sem nenhum sinal ou comande o grupo de Rangar faz uma formação de defesa padrão tendo Ascherit protegendo a frente do grupo, seguindo atrás dela Ragnar com a flecha esticada em seu arco e por fim James começando a orar para seu deus pedindo que lhe de o poder de cura, enquanto Floki para mata para apagar por completo a sua presença.

- Ei ei por que o Floki está fugindo? Achei que ele gostava de briga – Pergunta intrigado James
- Seu idiota, ele é ladino o que vai ganhar aqui? – Diz Ragnar enquanto encara os esqueletos
- Gente... Eles estão começando a se mover – Diz Ascherit respirando fundo enquanto se prepara um ataque

 Esqueletos cansados de esperar uma possível luta, quebram a tensão entre os dois lados e com isso os dois guerreiros começando a correr na direção do grupo, um dos esqueletos pula em direção ao escudo da Ascherit com as duas mãos em sua espada dando um ataque direto, Ascherit por sua vez com uma das mãos segura o ataque e na mesma hora devolve com um golpe de baixo pra cima dom sua espada mas sem muito sucesso pois o esqueleto rapidamente consegue se esquivar do ataque, aproveitando da inclinação do corpo da Ascherit o esqueleto ataca novamente desta vez fazendo a mesma cair ao desferi um chute em sua perna fazendo-a perde o equilíbrio. Só que ao mesmo tempo o esqueleto sofre com esse ataque já que logo ao cair Ascherit larga seu escudo e com duas mãos crava com força total sua espada no meio das costelas esqueléticas de seu inimigo e logo quebrando-as como se fosse gravetos, o esqueleto solta um gruindo parecido com um som de dor e cai imóvel em cima da Ascherit que rapidamente levanta do chão pegando seu escudo e limpando sua armadura como se tivesse sujado sem querer, ao se levantar Ascherit percebe que Ragnar também teve sucesso em sua luta já que o esqueleto que tinha ido na direção dele também estava imóvel no chão.

Porque logo após Ascherit entra no confronto Ragnar também foi atacado por um dos guerreiros esqueléticos, que veio correndo com espada em punho, mas o mesmo não teve sucesso pois Ragnar conseguiu se esquivar e ao mesmo tempo bandar seu inimigo que ao cair no chão recebeu diversos ataques com a ponta do arco de Ragnar e por fim duas flechas a queima roupa para confirma a sua possível morte depois de morto. James boquiaberto estava prestes a falar algo sobre a luta que tinha acabado de acontecer porém não conseguiu pensar em palavras que pudessem descrever isso, e também foi detido com outro grunhindo de dor vindo do esqueleto arqueiro que estava frente a ele perto da mata, o esqueleto arqueiro caiu no chão imóvel graças ao seu companheiro anão ladino que aproveitou da sua habilidade para pegar os inimigos por trás.

Floki assim que viu seus companheiros montarem sua formação e defesa, percebeu que poderia aproveitar da mata e da noite para colocar suas habilidades em prática e foi isso que o anão fez, entrou na mata e silenciosamente foi caminhando com suas adagas em mãos na direção dos dois esqueletos que não foram para briga, aproveitando também para encontrar talvez outro esqueleto que estivesse escondido, sem nenhum outro inimigo encontrando, Floki deu a volta por completo na pequena vila e foi engatinhando com um tigre pronto para o abate até o arqueiro parado, ao ouvir os dois esqueletos guerreiros gritarem de dor e cair no chão, aproveitou para pular nas costas do arqueiro fincando com força suas pequenas e afiadas adagas nas costelas de seu inimigo, também em seguida grudou-se na cabeça e arrancou como se fosse uma fruta a ser colhida, rindo como se tivesse matado uma formiga retirou as adagas do esqueleto imóvel e se jogou mata a dentro novamente.

O comandante dos esqueletos, irritado puxou sua florete com um ar de ódio que estava demonstrando junto da morte que sempre demonstrava, correu em direção ao grupo de Ragnar que estava ainda se recuperando do ataque, porém foi interrompido com ataques de flechas que Ragnar mandava para cima dele, e que ao mesmo tempo correspondia com gritos de raiva, o primeiro ataque veio dele puxando seu florete para Ragnar e indo na direção do anão, mas sendo detido pelo grande escudo negro da Ascherit, mas que não teve grande já que com um pulo para trás conseguiu se livrar a investida feita pela Ascherit que vinha de baixo para cima, e a mesma por deslize retirou o escudo da frente de seu inimigo, criando assim uma abertura para o comandante que demonstrou o porquê de ter sido ele o que mandou os demais antes para luta, o esqueleto com florete cambaleou como se estivesse tonto e nessa pequena dança macabra desferiu um ataque de cima a baixo contra Ascherit que sem escudo em mãos acabou sendo atingida no tórax caindo ainda respirando mais com um profundo corte e meio tonta, Ragnar aproveitou dessa brecha para pegar a espada do esqueleto caído e pular em cima do esqueleto com florete que rapidamente defendeu seu ataque porém o esqueleto não esperava que suas costas estaria tão aberta para ataque já que no meio da mata surgiu novamente o ladrão ladino correndo com duas adagas em punho perfurando as costelas do comandante dos esqueletos que depois de ser atingindo pelo ladino acabou perdendo o controle de seus braços e deixou uma nova abertura agora na frente que foi decisiva para Ragnar termina essa batalha com um ataque direto decapitando a cabeça e destruindo metade do tronco do ser anormal, dando assim um fim a batalha contra essa pequena companhia de esqueletos.

- No fim eu resolvi tudo – Diz Floki pisando no crânio do esqueleto comandante
- Sim sim, agora me ajuda cuidar da Ascherit -  Diz Ragnar virando-se para Ascherit

Ragnar e Floki ajudam Ascherit a levantar-se do chão e apoiam ela sentada em uma pedra, com um das mãos Ascherit pressiona o corte em seu peito para que o mesmo não sangrasse mais que o necessário, mas não foi preciso muito cuidado já que sem muita demora James consegue termina seu encanto celestial e com ajuda de seu deus consegue curar todo o corte do tórax da Ascherit, a humana ferida se apoia no elfo para levantar ainda cambaleando para olhar ao redor e confirma o fim desse ataque noturno.

- Achei que você curava todo o ferimento, mas olha ai a Ascherit precisando de ajuda – Diz Floki guardando suas adagas e indo servi de apoio para Ascherit
-Claro que eu curo todo o ferimento, mas a fadiga da luta continua ali, não dá pra curar tal coisa – Diz James enquanto volta para pegar seu cajado que estava no chão
- Parem de brigar os dois, eu que deveria está irritada aqui, deixar meu oponente ser finalizado por dois... Irritante saber que fui tão fraca – Diz irritada Ascherit
- Por hora, o que importa é que não temos nenhum inimigo, vamos focar em descansar pois amanhã partiremos -  Diz Ragnar pegando a espada do esqueleto destruído e avaliando a mesma para logo em seguida guarda consigo

Logo após a conversa, o grupo se juntou para decidir se iria parti nessa noite traiçoeira, se iria averiguar melhor os esqueletos para ver se tinham algum tipo de magia ou simplesmente dormi e descansar. Depois de muito negociar, o grupo decidiu que a melhor opção era dormi já que todos ali estavam cansados e Ascherit estava ainda cansada da luta que quase custou a sua vida. 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Depois de alguns capítulos, tivemos novamente uma luta, agora um pouco mais agressiva já que um dos companheiros do grupo acabou sendo ferido, o que pode acontecer mais a frente? 

Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que esta lendo esse post, sinta-se abraçada pelo Cachecol :D

0 comentários:

Postar um comentário