15 de jul de 2017

Primeiras Impressões - Kakegurui


Aloha Família. Apostadores de Plantão e Escravos da Casa. Cachecol aqui nesta manhã nublada e com cara de que vai fazer frio, trazendo mais uma postagem para o blog, começando esse sábado com Kakegurui e também iniciando uma maneira diferente de fazer minhas primeiras impressões que é dividindo elas, assim fica mais organizado tudo. 

Kakegurui:

Muita gente estava apostando nesse anime, antes dele ser lançado ele já era o dito um dos melhores da temporada, eu claro fiquei sem entender nada, vi o trailer e alguns pontos e cheguei achar que ele era bem parecido com Danganronpa, só que minha cara foi quebrada em várias migalhas. Esse anime é algo meio doentio e nem o jazz da abertura e toda a sua trilha sonora pode salvar ele, e quando falo doentio não estou querendo me referir ele como algum ruim, mas sim é meio que um elogio. 

Questões técnicas: Kakegurui me cativou com seus closes e expressões fortes e bem vivas eu adoro animes que costumam fazer isso, essa paleta de cores também que faz sempre parecer que uma guerra pode rolar por ser algo tão agressivo, o vermelho vinho que vem trazendo a luxuria e o prazer pelos jogos se mostra bem vivo junto desse enredo faz o anime parecer mais um ambiente de manipulação do que um meio de entretenimento. Abertura com jazz me lembra muito um cassino e todo aquela animação dela faz parecer que esse mundo tudo é normal e que de fato é, assim como o encerramento que vez confirmando o que o anime apresentou.  Tanto os dubladores como diretor são pessoas com bastante peso na indústria então sinto que algo muito bom vai acontecer, principalmente se os demais episódios seguirem o estilo do primeiro

O que achei: Não tenho como identificar logo de cara quem é a heroína ou vilã pois temos um ambiente onde qualquer pode ser qualquer, no entanto posso pontuar que não fui muito com a cara desse protagonista, claramente ele não deve ter muito destaque e não estou falando disso por ele começar os primeiros segundos de anime já perdendo uma aposta, mas sim pela personalidade dele. Já as garotas tanto a loira como a morena que ainda não gravei o nome claramente irão ter uma evolução gigantesca no anime e assim eu espero. Principalmente por essa dupla personalidade da morena que uma hora é calma e quando fala em jogos fica louca. 

Zona de Spoiler: E falando em ficar louca, aquela cena final que ela dá o dinheiro para o protagonista, por mais que isso tenha sido bem tranquilo e que nos olhos dela, ela não quer nada em troca de acordo com o posto de vista do personagem, chuto eu dizer que ela vai querer sim algo em troca, já que o protagonista talvez deixe de ser o escravo da galera e agora a loira vai ser, eu tento imaginar que ele é bom em algo, pelo amor de deus ele tem que ser bom em algum jogo, já que a morena mostrou ser uma jogadora compulsiva, isso não quer dizer que ela é uma deusa nos jogos, mas sim que ela vai se arriscando pra aproveitar o momento certo. E foi bem isso que o anime mostrou, no momento que ela aceitou a aposta até o fim dela. 

Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que está lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

0 comentários:

Postar um comentário