26 de ago de 2017

Comentários do Cachecol - Sekai Oni - 39


Aloha Família. Cachecol aqui nesta sábado gostoso, nem sol nem chuva, só um clima bem "bom". Trazendo hoje mais um capítulo de Sekai Oni, que não foi um dos melhores...

Sekai Oni - 39:

Esse foi o capítulo mais romântico que já li, e que eu particularmente acho meio sem graça porque não é o estilo do mangá, fica algo bem nada a ver com a história, e meio que o autor está sem o que fazer ai pega e entrega isso... Mas antes temos o Adachi pirando com a resposta da Azuma, ele simplesmente não aceita que ela quer todo mundo morto da sua família. 


Já no caso do nosso nerd, o felizardo ou não, recebeu uma declaração bem direta da outra garota lá que eu chamada de inútil mas chegou com os dois pés no peito e calou minha boca, principalmente quando foi possuída pelo o demônio global, meus amigos aquilo sim foi transformação de personagem.



Eu falo que foi forçação de barra e que nada ali parece realmente ser algo fofo se isso foi o que o autor pensou em fazer, porque foi bem normalzinho, o nerd recebe uma declaração, faz drama dizendo que não é homem suficiente, que não é um cara legal e tem todo um flash back de como ele sofreu na infância por não poder ser o que queria, ai a garota que se declarou vai e diz “ah você é meu herói”, um tapa na cara aqui, outro ali e páh ele está apaixonado pela garota? Achei meio sem graça isso. 


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Que bom que eles foram interrompidos pelo demônio lá, senão eu ia bem dropar esse mangá, ele começa a ficar bom, ai decai e quando eu acho que vai ficar bom pra valer, ele me mostra ser bem chatinho... Claro pra quem gosta de desenvolvimento de personagem creio eu que gostou desse capítulo, ou pra galera que ver romance em tudo também. 

Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que está lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

0 comentários:

Postar um comentário