10 de ago de 2017

Podcast e Seus Benefícios


Aloha Família. Ouvintes de Podcast e Lunáticos por Fone de Ouvido. Cachecol aqui nesta manhã quase tarde mega nublada e com uma enorme cara de chuva. Trazendo hoje mais uma postagem para o blog, vamos conversa um pouco sobre podcast. 

Eu comecei pra valer a ouvir podcast a mais ou menos uns 4 anos, eu nunca fui muito fã desse tipo de mídia, eu nem sabia qual era o aplicativo de rádio no meu celular, imagina sequer então parar para ouvir um podcast. Nem ouvir música eu gosto eu tenho um cartão de memória lotado de muitas coisas, menos de música.  Eu fico sempre me pegando em como eu vivia antes do podcast, como eu jogava, como eu ia para lugares longes e que ocupavam um tempo na estrada ou como eu passava meus tempos livres, eu tento colocar uma balança pra comparar cada coisa. 

Depois que conheci podcast eu meio que me apaixonei pelo formato, hoje em dia entendo muito mais a lógica dos rádios e eu até que escuto bastante, áudio books também é uma coisa que me agrada bastante quando preciso estudar sobre algo, acho que a única coisa que ainda anda morta no meu celular é o espaço paras músicas eu ainda não tenho esse apego pela música a ponto de colocar no celular. 

Podcast sempre é o meu ponto inicial para cada viagem ou saída rápida, se eu vou no centro da cidade eu pego um podcast, se eu vou viajar eu tenho meus podcast’s já baixados e listados no celular, já se tornou uma rotina e um vício, tal vicio que já me fez chegar atrasado em um certo lugar porque a internet tinha caído e eu precisa baixar algo pra ouvir.  E essa é a pegada do podcast, ela é uma mídia não muito atrativa na primeira impressão e se logo de cara não te agradar, raramente você ainda vai ficar ouvido aquilo por mais uma ou duas horas, mas quando ele te pega, realmente você se ver em um novo mundo, com novas opiniões e novas pessoas que por sinal são muito engraçadas, inteligentes e carismáticas.

Diferente de muitos que entram nesse mundo, eu não comecei a ouvir podcast por recomendação de amigos ou queria ampliar meus gostos, foi algo bem inocente mesmo e o pior na época eu nem fazia ideia do que era isso. Procurando algumas músicas de anime para jogar na época o meu rpg preferido que era o Grand Fantasy, eu acabei me deparando com um podcast falando sobre o universo dos hentais, claro como um adolescente no calor de seus hormônios eu baixei achando que era uma coisa mas na verdade era outra... Meu primeiro contato com a mídia não foi lá dos melhores mas com um tempo eu comecei a ouvir bastante, conheci muitos outros e comecei a parar de ouvir também alguns.

Pode até parecer estranho, mas hoje em dia os meus podcats preferidos os que eu sempre escuto não tem nenhum com tema de anime, melhor eu nem sequer tenho podcast com tema de anime eu ouvia muito um certo podcast não vou citar nomes mas acabei parando e desde então eu meio que estou me afastando desse tipo, e abrindo o coração para um novo tema que é a ciência, podcast sobre ciência é talvez o meu preferido ultimamente. 

Os que eu mais escuto: 

Não Ouvo – Zueira
Se Eu Fosse Você – Zueira/Conselhos Amorosos
Rebobinando – Cultura Pop
NerdCast – Cultura Pop / Várias Outras Coisas
Scicast – Ciência 
Alô, Ciência ? – Ciência
Papricast – Cultura Pop
Miçangas – Humanas
Dragões de Garagem – Ciência 

Uma pequena explicação sobre cada um:

Não Ouvo é um podcast do blog Não Salvo, sim aquele blog de zueira que ganha mais processo do que outra coisa, eles tem um time muito legal para encaixar cada palhaçada, então pra quem quer ouvir algo em uma viagem longa e entediante eles são ótimos pra isso. 

Se Eu Fosse Você é também do blog Não Salvo, com uma bancada diferente do podcast Não Ouvo, esse tipo de formato é daqueles bem curtinhos de no máximo uns 15 a 20 minutos, na qual a galera lá lê algum problema amoroso e tenta ajudar na grande maioria das vezes.

Rebobinando é também do blog Não Salvo, também com uma bancada diferente porém desta vez eles estão falando sobre a cultura pop em si e não só cultura pop internacional, mas sim a brasileira também é uma ótima escolha para uma viagem ou enquanto joga algo. 

Scicast, Alô, Ciência ? e Dragões de Garagem são atualmente deste todos que falei lá em cima, são os meus preferidos eu curto bastante ouvir esses três podcast, já todos são podcast de divulgação cientifica que basicamente é o que o nome já fala, são assuntos interessantes, com uma galera mega carismática comentando sobre coisas que ninguém sequer comenta e ainda acima de tudo ensinando sobre. Nesses três podcast na sua grande maioria senão todos eles são professores então toda aquela didática que você sente falta na sala, eles ocupam isso, é um tipo de podcast muito bom pra quem vai pegar uma estrada longa e quer se concentrar em algo. 

Miçangas é um podcast que eu não escuto com muita frequência, mas é um estilo bem legal, eu falei que eles são de humanas e não irei explicar o motivo, recomendo ouvir algum dos muitos episódios que eles tem e entender essa piada interna minha. 

Jovem Nerd é um dos podcast mais famosos que existem mas que não chega a ser o meu preferido, eu escuto pois os assuntos são bem interessantes, se for pra falar de produção, edição e pauta eles são os melhores, porém as vezes se torna enjoativo, porque muita coisa é deixada de falar porque pode ou não irritar alguém, claro que alguns participantes são meio loucos e falam mesmo, mas na grande maioria dos episódios é algo bem chato de se ouvir.

Papricast por sua vez é o meu preferido, eles são mais desinibidos e falam o que querem, os convidados são sempre pessoas que dominam bem do assunto, eles conseguem fazer você assistir ou não um filme, eles tem um time e uma pegada pra comédia inacreditável. Sabe quando sua mãe chega em casa gritando com você? Começa a ouvir papricast que nem vai lembrar que ela está em casa. 

Bem, basicamente é isso que eu tenho pra falar sobre o que eu acho dos podcast, se caso e eu tenho certeza que sim, eu lembrar de algo talvez uma parte dois do post pode surgi algum dia, até lá vamos ficar só com isso. 

Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que está lendo esse post, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

0 comentários:

Postar um comentário