27 de set de 2017

Final de To Love-Ru Darkness


Aloha Família. Amantes de Harém e Revoltados com Finais Abertos. Cachecol aqui nesta tarde ensolarada, abafada e sem um ventinho pra animar. Trazendo hoje mais um texto para o blog, hoje pra conversamos sobre o final de To Love-Ru eu não lembro de ter falado algo, ainda estava engolindo tudo pra comenta assim que eu entendesse.

Desde que eu me entendo por gente eu sou fã de To Love-Ru, foi meu primeiro mangá e anime ecchi que encontrei e me apaixonei, e eu sou da época antiga do ecchi então eu peguei todas as mudanças que ocorreram em TLR, do ecchi ficando mais pesado, novas posições que causam um pouco de vergonha alheia até chegar em um nível quase hentai, e por ai vai são coisas que nós ecchis hoje em dia é normal, porém quando eu comecei isso ainda era algo bem "pesado", só que mesmo com essas mudanças TLR ainda manteve sua essência com uma história incrível, personagens carismáticos e evolução de personalidade, o Rito do primeiro volume de TLR cresceu demais e se tornou mega diferente do último volume de Darkness em questões de agir ou não agir, o lado dele de “ah não pegarei ela” continuo até o último capítulo. 

Eu gostei de tudo até ai, as diversas personagens que amam o Rito conseguindo se declarar, as teorias que podemos criar sobre o Rito que talvez eu comentei aqui em outras postagens. Porém o que venho falar é sobre o final, quem acompanha a série desde o começo acaba pegando um carinho por certas personagens eu comecei a gostar muito da Lala e da Haruna, porém mais a frente venho a Nana e a Momo e nos volumes finais apareceu a Nemesis, então muitos personagens surgiram que deixaram claro o amor pelo Rito e com isso você começa a torce por elas, principalmente porque muitas delas tem uma evolução de caráter, você ver um pouco do passado e mesmo aquelas que não contaram isso você pelo menos ver o intimo dela, a forma como ela conversa e mostra o seu lado verdadeiro para o Rito.

Assim você meio que fica na expectativa de quem vai se declarar, mas ai vem um final triste como esse e deixa todo mundo sem entender NADA. Essa onda de final aberto é a pior coisa do mundo, odeio finais aberto na qual o mangaká deixa algo como “pensem o que quiser sobre o fim” eu tenho um pensamento igual do Marco do Intoxanime, eu não quero imaginar um final eu gosto do autor jogando na cara o final e se gostou bom senão cria uma postagem em seu blog reclamando (no meu caso) Única coisa que me faz ficar parcialmente feliz é que depois de muito ouvir os autores de TLR irão fazer dois finais alternativos um com um casal e outro com harém que ainda assim creio eu muita gente não vai se agradar com a possível personagem que vai termina com Rito em um de seus finais alternativos, porque existe uma torcida muito grande da Lala e da Haruna. 

Eu ainda acho que o Rito deveria termina com harém, estava na cara dele que ele queria, a Momo, Lala, Nemesis e todas as demais acham o plano interessante pois elas amam o Rito e ele sente algo por todas... Só a Haruna que nunca achou o plano interessante mas é aquela história, se o Rito convencer ela aceita porque ela ama ele. To Love-Ru merecia um final decente por respeito aos fãs, não é o tipo de mangá que dá pra termina em aberto, também não é o tipo de mangá que fica legal um final perfeito com uma menina, não, o mangá deve termina com um plano harém surgindo, boa parte do Darkness focou nisso e eu acho que por respeito aos fãs deveria ter isso. 


Espero não ter feito um texto enjoativo, é algo que eu escrevi a muito tempo e decidir voltar com ele pra dá minha opinião


Então isso é tudo pessoal

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que está lendo esse texto, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

0 comentários:

Postar um comentário