20 de nov de 2017

A Decadência de Ousama Game


Aloha Família. Reis Escondidos e Humanos que não sentem dor. Cachecol aqui nesta noite chuvosa e nublada, trazendo mais um texto para o blog, hoje pra conversamos sobre a decadência de Ousama Game, como um anime tão bom ficou tão medíocre 

Pretendo realmente não ser um “hater” aqui, só expressar minha opinião sobre algo que me deixou meio sem reação com o anime gore da temporada, de todos os animes acho que esse é o que mais tem cenas de mortes “bem” colocadas e animadas, aquele gore maroto que nunca chegará aos pés de Corpse Party. Pois bem, eu irei pontuar alguns pontos (dããã) que eu considero bem desnecessários e que o anime fica martelando e querendo enfiar goela a baixo de quem está assistindo 

Pra quem não está assistindo o anime ainda, confesso que tem alguns spoilers pois é em cima do que está sendo apresentado que eu irie pontuar tudo, e pra quem não assistiu o anime é basicamente uma história de uma sala que do nada começa a receber ordens em seu celular e que querendo ou não devem cumprir todas as ordens senão serão mortos, todos os alunos fazem parte desse jogo o Jogo do Rei ou Ousama Game, e quem for o último sobrevivente ganha o direito a um pedido lá para o tal Rei que até então ninguém conhece, um plot até interessante né?

Pra não dizer que só irei meter malha aqui, eu vou deixar bem claro que o anime é bom no seu começo, porém ele vai se deixando levar para coisas totalmente surreais, mas surreais do que o próprio jogo em si. Os pontos que achei bem interessante é todo o mistério que eu já esperava do anime e como a loucura de alguns personagens mostram quem verdadeiramente eles são, aquela frase antiga “A máscara cai quando a loucura vem” isso é algo que pra um anime com essa pegada encaixou muito bem, além das ordens do rei serem bem complicadas de se entender, por exemplo “não façam algo desnecessário” que é basicamente “não chore” ai quem chora vai e morre simples assim, isso é tão bem colocado, além de toda questão técnica de trilha sonora e posicionamento de câmera que pega aquela cena única. Tudo isso é muito bem colocado nos 3 primeiros episódios.
Porém quando o personagem principal sai com aqueles dois novos amigos de sala em direção ao hospital e surge toda a conversa, quando os flash backs acontecem que tudo desanda pra valer, até o momento que ele é surrado e apanha dessa sua nova turma eu estava curtindo e sentindo pena dela, mas quando ele começa a contar do seu passado eu fico tipo “aah cara estava tão legal, por que estraga assim?”, a forma como é contando tudo me desanimou bastante. No momento que essa postagem está sendo publicada eu estou no episódio 6 de Ousama Game e eu só não vou dropar porque eu quero ver como pode ficar pior ou como tudo pode melhorar do nada (tenho esse pingo de esperança)

Quais seriam os pontos ruins do anime? Primeiro ponto é como a “amizade” é tão enjoativamente colocada nesse anime, no flash back do protagonista mostra em um episódio ele ajudando um cara lá a não se sentir depressivo porque ele desobedeceu a ordem do rei e por isso iria morrer quando desse meia noite, todo o episódio você fica naquela expectativa pra que o moleque não morra e no fim o pior acontece, ai o protagonista dá uma de doido e diz que não vai deixar ninguém mais morrer, e quando o seu melhor amigo recebe uma ordem de que em dez minutos ele deveria fazer sexo, o cara vai lá e joga o melhor amigo e a sua própria namorada, a NAMORADA DELE dentro de um quarto... Sinceramente pode ser meu amigo de 10 anos, eu iria colocar a mão no ombro e falar “A gente se ver depois que eu morrer brother” nunca que eu irei fazer a minha namorada passar por algo tão errado e nojento, nesse momento eu já tinha desistido do personagem e até bateu aquele pingo de felicidade com as porradas que ele levou da nova turma que ele está.

Depois disso temos as mortes, o ponto que me deixou meio sem entender bem o que move o anime são as mortes, no momento atual algumas mortes até me chamaram atenção, alguns personagens morreram de uma forma bem impactante, porém no passado, no flash back do protagonista tudo acontece de uma forma tão retardada, ou tão mal feita, como se o estúdio só quis agilizar tudo, um plot tão bem elaborado e cenas que poderiam ser marcantes simplesmente foram jogados na tela, o surrealismo da coisa toda deixou todo a graça do anime de lado, todo o impacto que poderia fazer no telespectador foi pro lixo. Eu resumo bem esse meu argumento na última cena do episódio 6 onde a garota de cabelo branco, tenta hackear o jogo e acaba levando uma punição e partindo desse ponto tudo fica sem lógica, pois ela começa a pegar fogo, ela não grita de dor e nem reagi a isso, ela continua mexendo no notebook que ou esse notebook é muito resistente ao calor ou só as pontas do dedo dela não estavam queimando e esqueceram de mostrar. E quando finalmente bate o incomodo com o fogo ela simplesmente tira camisa, pra continuar mexendo no notebook, que roupa é essa que não queima? Que corpo é esse que não “estraga” com o calor. 

Essa cena, as mortes por enforcamento ou partes do corpo sendo arrancadas tudo simplesmente acontece de uma maneira tão simples, os personagens continuam agindo tranquilamente, teve um cara que a cabeça girou 360º e ele soltou “olha voltou ao lugar” eu rir disso, não vi como uma cena triste ou de tortura parecia mais uma cena de um anime nonsense. 

Ousama Game caiu em um poço, tem alguns episódios ainda pra tentar se salvar, espero muito que algo decente aconteça, pois a sua decadência já está sendo bem colocada nos episódios, se não fosse pelo plot eu desistiria de ver o anime.

Então isso é tudo pessoal

Obrigado por estar no meu blog
E pra você que está lendo esse texto, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

0 comentários:

Postar um comentário