Comentários do Cachecol - Biblioteca de Almas - Livro (Trilogia Crianças Peculiares)


Aloha Pessoas. Cachecol aqui nesta segunda-feira de carnaval, trazendo hoje mais um texto para o blog, agora trago pra vocês o comentários do cachecol só que de um livro, o terceiro e ultimo livro da saga Crianças Peculiares, o livro Biblioteca de Almas. 

Já falei antes e irei falar novamente, vai ter muito spoiler aqui, comentar sobre algo sempre vai ter que ter o tal spoiler, senão como iremos alcançar bem tudo que tem pra se falar né? Vou fazer de uma forma diferente dos outros livros, desta vez irei fazer um apanhando geral sobre tudo pra ficar mais “resumão” e assim desperta a curiosidade de quem quer ler. 

Bem, o começo do livro parti bem do fim do segundo livro, assim como o segundo começa bem do fim do primeiro, que já comentei em alguma lugar aqui no blog que coisas assim sempre me atraem pra ler, acabo me prendendo mais na história. Temos agora o Jacob não sendo mais um bebê chorão, ele tem um poder bem interessante que mesmo ainda sendo novo, ainda na duvida de que se realmente aquilo funciona é de fato algo interessante.  Porém já venho alerta que não, não vai muito mais longe que isso não, sim já estou dando um banho de água fria. Jacob, Emma e Adison saem em busca de seus amigos peculiares usando do olfato de Adison o gps deles, é louco pois o olfato dele é muito bom porém eles rodam muito pra muitos lugares que na minha opinião se torna meio inútil ou mais como enchimento de linguiça pra ter mais páginas. 

Eles depois dessa volta em Londres, encontram o Sharon, que talvez seja um dos personagens mais misteriosos de todo o livro e universo que se passa a história, mas que claro, não é explorado, muito mal é falado os objetivos e planos dele, o cara não passa de um barqueiro que vai levar os protagonistas até um certo ponto e meio que também vira o guia turístico deles e ponto final. Nessa hora eu fiquei muito nessa de “sério que vocês irão entrar em um barco e ir pra o Recanto do Demônio?” Tipo só o nome já é mais que o suficiente pra fazer ninguém pisar lá, porém é o melhor lugar pra se procurar. Pois pelo o que parece esse Recanto do Demônio é uma fenda onde fica todo tipo de peculiar ruim, aqueles vilões, ladrões, assassinos, peculiares que não tem suas ymbrynes pra proteger e daí pra pior. Já aproveitando que o lugar é um inferninho seria meio óbvio que os acólitos teriam sua base ai né? Um castelão gigantesco é onde fica a base dos acólitos e possivelmente onde estaria todos os amigos de Jacob e Emma, assim com a sra. Peregrine. 

Sem um exército nem nada, eles se encontram perdidos no meio de uma batalha, ai que uma solução bem #deusexmachina aparece, o Betham o irmão mais velho da sra. Peregrine e um gênio que tem algo bem roubado consigo, meio que uma máquina chamada panloopticon onde tem o poder de conectar várias portas a várias fendas diferente, de uma maneira bem clara é meio que uma máquina com poder de colocar um longo corredor com várias portas e cada uma indo pra um lugar diferente, ocorre ai uma troca de favores, Jacob ajuda Betham capturando um etéreo que é o combustível pra maquina funcionar e assim o Betham coloca Jacob e Emma dentro do castelo pra salvar seus amigos. 

Dentro do castelo muita coisa acontece, Jacob consegue se conectar com os etéreos melhor e acaba aprimorando muito mais suas habilidades que como falei lá em cima não é grande coisa pois só funciona até ai. Eles salvam as ymbrynes e todos seus amigos, mas na hora de sair descobrem que primeiro Caul o vilão da série é muito inteligente e que o Betham na verdade estava traindo eles, fingiu ajudar mais no fim traiu, é meio louco mas lendo o livro faz muito mais sentindo, então todo mundo é capturado e são levados para a biblioteca de almas. 

O que vem a ser essa biblioteca de almas? É basicamente um lugar onde está todas as almas de peculiares mortos. Exemplo: tem um peculiar que controla o ar, ele morre, sua alma vai pra esse lugar, simples assim. Porém como é um lugar muito sagrado todos os frascos com as almas estão invisíveis, ninguém pode ver, exceto é CLARO o Jacob. Pois esse é o poder dele, ver etéreo, comandar etéreo e enxerga coisas invisíveis, ele é um dos poucos ou talvez o último, peculiar que é um bibliotecário. Jacob com uma pistola na cabeça vai dizendo quais são as almas pro Caul e o Betham, pois o objetivo dos dois é tomar uma alma forte e controlar tudo, bem ambição de vilão. 

Agora uma resumida rápida pra pularmos pro fim da história: O que acontece na biblioteca de almas é basicamente o penúltimo arco do livro, lá dentro o Caul trai o Betham e toma várias almas pra ficar forte, Betham como um gênio que é, entrega um feitiço pra sra. Peregrine fazer e trancar tanto o Caul como ele nessa fenda, assim matando os dois e livrando eles desse lugar, o feitiço é feito e todos saem vivos dessa fenda, basicamente foi isso, só que levou dois capítulos pra acontecer. 

O final que eu e muitos leitores odiaram: Jacob depois de salvar todo mundo, entra em um dilema sério, ou ir pra casa ou ficar com todos ali, ele opta por voltar pra sua família e ficar como o seu avô ficava de ir e voltar várias vezes, porém ao chegar em casa mesmo negando o desejo da sra. Peregrine e apagar memória de seus pais, ele decide contar a verdade, (claro que é tratado como louco e se fosse meu filho que some por semanas eu teria feito o mesmo.) Ia ser mandado pro hospício principalmente por ter sido descoberto pelos seus pais que estava trocando cartas com a Emma, eles lendo as cartas pensam “Jacob está maluco... Escrevendo carta pra si e respondendo...”, até ai tudo está indo bem e eu gostando, as páginas do livro acabando e eu imaginando milhões de coisas, no entanto o fim é basicamente isso: Quando Jacob está sendo mandando pro hospício, todos os seus amigos peculiares junto da sra. Peregrine aparecem em frente ao carro do seu pai e mostram pra família que são reais e que o Jacob não está maluco. Sra. Peregrine explica por Jacob que toda aquela coisa que aconteceu na fenda que foi explodida causou algo diferente no corpo dos peculiares, a vida deles foram zeradas, isto é, Emma que antes tinha 80 ou 100 anos, agora está com seus 16 novamente, a idade de quando ela foi salva pelo sra. Peregrine, e ela vai envelhecer normalmente como um ser humano normal... E a última palavra do livro é “Agora temos tempo” Algo como: Agora Jacob e Emma podem viver um romance... 

O que mais me magoou e sim eu fiquei magoado com esse livro é como o final é tão sem graça, não é explicado quem é Sharon e o que ele viveu, não é aprofundado os poderes da Emma e ela teve muito mais tempo de cena que qualquer outro personagens, porém o livro só focou no Jacob enquanto ELA salvou a vida dele diversas e diversas vezes, esse romance que poderia ser mais aproveitado não serviu de nada e o segundo livro acabou aprofundando muito mais. E o pior, um final aberto, a última página faz parecer que eles irão dá uma volta no bairro do Jacob e morar um tempinho na casa dele, como se fosse férias. 

Eu não curti muito o primeiro livro, me apaixonei demais pelo o segundo, curti muita coisa no terceiro até chegar próximo do seu fim. Um universo que deveria ser mais explorado que infelizmente foi só uma forçação de barra gigantesca. 

Então isso é tudo pessoal

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que está lendo esse texto, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

Comentários do Cachecol - Biblioteca de Almas - Livro (Trilogia Crianças Peculiares) Comentários do Cachecol - Biblioteca de Almas - Livro (Trilogia Crianças Peculiares) Reviewed by Edson N. B. Junior on 19:57 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.