Minecraft Depois de Anos


Aloha Pessoas. Cachecol aqui nesse começo de noite nublado porém muito abafada, trazendo mais um texto para o blog, hoje pra conversamos sobre algo que nunca me imaginei conversando com vocês. 

Não vou entra aqui nessa onda de que “Minecraft é coisa de criança”, pois os pontos de vista que adquiri recentemente me fez pensar completamente o contrário. Mas pra isso vamos voltar alguns anos atrás, no Senhor ToKc (Novo apelidinho) de 14/15 anos de idade. 

Sabe aquela época, que todo mundo odeia algo, ou melhor todo mundo da sua idade começa a odiar uma coisa só por causa da onda? Eu era assim com Minecraft, acha coisa de criança, uma coisa estupida e muito infantil, talvez porque eu sentia muita inveja da galera que gravava minecraft, pois com meus 11/12 anos eu já estava começando a jogar, e com 14 anos de idade ver toda aquela galera jogando, gravando e ganhando muito dinheiro com isso, me despertou um sentimento gigantesco e imensurável de inveja. Eu queria ter tudo aquilo, porém eu não era (ainda não me considero) carismático suficiente pra prender alguém em um vídeo. Então já que eu não podia ser como eles, eu comecei a odiar eles, comecei a julgar e debocha de todo esse tipo de conteúdo, é ridículo eu sei mas vai explica isso pra uma criança. 

Talvez esse sentimento repulsivo, é muito similar ao que eu tinha de Naruto, não era do meu agrado logo eu criticava e procurava o que usar como chacota. No entanto sempre que eu abria boca pra falar, todos ao meu redor, inclusive meus irmãos olhavam pra mim, balançam a cabeça e voltavam a jogar seu minecraft. Isso me matava por dentro, até um certo momento que comecei a ignorar tudo e viver minha vida, nem jogava, nem reclamava só deixa tudo seguir, isso é claro, pode ter acontecido porque eu amadureci tal ponto que ver os youtubers de minecraft lucrando seja algo sem sentindo pra mim. 

Bons anos se passaram, até os dias atuais onde alguns problemas com a internet me fizeram desperta o interesse por jogos off, joguei muito a ponto de viciar e enjoar de Stardew Valley, sem ideia do que jogar, decidir dá uma chance para o tão famoso e hoje em dia não tão comentado, minecraft. Criei um mundo e comecei a jogar, aquela sensação a primeira dela, voltou pra valer, animação de jogar um game que você pode fazer o que quiser, sem limites pra exploração e criatividade me deixou muito feliz, e agora com meus irmãos juntos em um só serve, um serve só pra gente, jogando juntos e criando uma mansão, explorando cavernas e todas as coisas do tipo me deixou sem palavras de tamanha felicidade. 

Porque hoje em dia, meus irmãos tem 14 e 13 anos, estão pegando essa época do minecraft e vivenciando ela, eles sabem o dobro ou talvez o tripo de coisas que eu sei, estão me ensinado e atualizando de bastante coisas. Hoje que faz praticamente uma semana que comecei a jogar, eu sinto que evolui muito minha relação com meus irmãos. Entrei no mundo deles e quebrei essa barreira de pensamento “hater” que eu tinha. 

Em um resumo geral, podemos colocar que minecraft despertou aquela criança interior, mostrou que é um jogo pra todas as idades e que todas essas idades podem jogar e se diverti juntos, aprendi que opiniões devem sim ser mudadas ou pelo menos analisas com passar de anos. 

Minecraft é sim um jogo divertido, não é não só pra criança, se você tiver um filho recomendo muito que você entre nesse mundo dele e veja como ele é inteligente e criativo. 
Então isso é tudo pessoal

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que está lendo esse texto, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D


Minecraft Depois de Anos Minecraft Depois de Anos Reviewed by Edson N. B. Junior on 17:59 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.