Primeiras Impressões - Kakuriyo no Yadomeshi


Aloha Pessoas. Cachecol aqui nesta tarde gostosa, tempo maravilhoso pra escrever pro blog e ficar deitado o resto do dia. Hoje estou trazendo mais um texto para o blog, as minhas primeiras impressões de Kakuriyo no Yadomeshi

Kakuriyo no Yadomeshi: A história tem como protagonista a jovem Aoi que herdou a capacidade de ver espíritos do seu avô. Aoi orgulha-se de cozinhar e um dia, está a alimentar alguns espíritos agrícolas quando, de repente, aparece um deus e o mestre do “Tenshinya” (Heavenly Inn) e a levam para longe. Ele diz que, devido às dívidas do avô, ela deve tornar-se sua noiva. Aoi odeia essa ideia e, em vez disso, declara que vai pagar a dívida do avô trabalhando no Tenshinya.

Questões Técnicas: Eu nunca fui muito fã do estúdio Gonzo, porém logo de cara ele me surpreendeu. Mesmo que não seja um slice of life, esse anime transmite muito o que um slice of life costuma transmitir, aquela paz e suavidade e vontade de continuar assistindo. Adorei os traços orientais, já que estamos falando de um anime com foco em demônios e toda aquela pegada cultural da religião, o ambiente e vestimenta dos personagens caiu perfeitamente nesse anime, uma trilha sonora bem chinesa só vejo em filmes chineses esse tipo de música. Assim como abertura e encerramento que foram o ponto inicial para a minha compreensão de toda a história, talvez se fossa uma abertura diferente eu não iria entender muito bem. 

O que Achei: Eu tinha comentando que Devil’s Line vai ser o tal Crepúsculo da temporada, mas estou achando que esse título vai ficar para Kakuriyo no Yadomeshi, eu curti muito essa apresentação educada do Deus Ogro e como as coisas não foram como ele queria, ele mostrou-se a forma severa dele, pois eu imaginava que ninguém é 100% fofinho e educado, ainda mais um cara com título de Deus. Assim também como gostei da raposa lá que essa sim tem cara de ser 100% do bem. A forma como o mundo foi apresentado também me agradou, a forma como as coisas foram sendo contada ao longo do episódio me lembrou muito Youkai Apartament, como disse, uma suavidade em sua história. 

Zona de Spoiler: Talvez o ponto mais intrigante do anime seja essa dilema do comer, o Deus Ogro ficou falando pra coitada da menina “eu quero te comer, mas não posso te comer, por isso quero casar com você, pra te comer mesmo não podendo” o dilema talvez ficou no meu pensamento de tentar entender qual dos sentidos do comer que ele estava falando. Não há nem o que pensar no sentindo dela ter sido negada em cada pedido de emprego, sabemos claramente que foi ordem do Deus Ogro pra ninguém aceitar ela, mas olha ai a Raposa que como falei parece ser um cara super do bem e talvez seja contra a imposição do Deus Ogro senão em engano deu assim de presente aquele restaurante pra ela, eu imagino que um romance pode surgi daí, assim como o Deus Ogro vai se mostrar alguém gentil e também conquista o coração dela, logo, um Crepúsculo 

Minha Nota para o Episódio: Um primeiro episódio bem completo, só que, o ponto que mais me deixou na dúvida é que a Aoi aceitou muito de boa ser levada pra esse mundo, nenhum momento surgiu na cabeça dela “tenho que ir embora”, por isso a nota do episódio vai ficar 8. Um anime que me surpreendeu já que eu não dava muita coisa pra ela, porém pra mim pecou em não sequer surgi esse pensamento dela, claro que o objetivo de sair ela também, mas em nenhum momento ela pensar nisso... Fica estranho, pelo menos pra mim aceitar de boa é algo muito nada haver. 

Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por estar no meu blog
E pra você que está lendo esse texto, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D


Primeiras Impressões - Kakuriyo no Yadomeshi Primeiras Impressões - Kakuriyo no Yadomeshi Reviewed by Edson N. B. Junior on 15:33 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.