Conversando Sobre Inspirações


Aloha Pessoas. Cachecol aqui nesta tarde de sol e chuvosa também, um pouco de cada, trazendo hoje mais um texto para o blog. Hoje meus amigos é aquele típico texto onde falo vários nadas, apenas vou escrevendo o que vem na cabeça, o assunto da vez é inspiração. 

Já está virando uma mania anual eu trazer um texto conversando sobre inspiração, o que faz a pessoa seguir a diante, ir pra frente, sentir aquele impulso de fazer as coisas e tentar dar o melhor de si nelas. 

Antes eu não entendi o que me fazia escrever sobre isso todo ano, porém agora eu meio que entendo o motivo que me faz ir pra frente, e por isso todo ano eu comento sobre isso, porque todo ano tem algo novo pra comentar sobre isso. Sempre vai existir algo novo que vai te inspirar a continuar no caminho que está ou talvez até de guiar para um caminho novo e é sobre isso que irei comentar hoje. 

Talvez esse não seja um texto longo como nos anos anteriores, diferente de outros texto, hoje pretendo ser um pouco mais objetivo, pois essa semana e a semana que vem serão um tanto que corrida pra mim, que me faz mesmo não gostando, escrever textos corrido, logo eu que adoro dá uma enrola e falar de várias coisas antes de ir para o objetivo principal. 

O que me faz continuar seguindo adiante, que de uma forma geral é o que me faz continuar escrevendo, não só aqui no blog mas em tudo, como já falei diversas vezes aqui, eu adoro escrever, gosto do estilo do blog onde posso comentar diversas coisas diferentes, mas o meu maior amor talvez seja textos sobre algo específico. Eu demorei muito pra encontrar esse algo específico, encontrar sobre o que falar e eu demorei muito mais ainda pra encontrar um estilo do que falar, mais precisamente o tempo do blog, o blog vai fazer 6 anos e eu demorei 5 anos pra descobrir que eu gosto de escrever, descobrir que consigo passar horas falando sobre algo. 

E hoje posso dizer que a minha maior fonte de inspiração é a minha noiva, sim é meio clichê, mas ela é a pessoa que mais me inspira pra escrever, não sobre ela em si ou sobre como ela mudou minha vida, mas sim como as coisas aconteceram no nosso relacionamento, o nosso primeiro encontro por exemplo, foi algo tão encantador, marcante e diferente que dá pra colocar em palavras, mas escrever coisa por coisa que aconteceu é muito normalzão, então eu fui e trouxe essa história para um universo de fantasia e meus amigos, a junção das duas coisas foi algo perfeito, não só porque eu achei, mas porque outras pessoas elogiaram.

Resumindo tudo, eu descobri que o meu estilo de história, é um romance já que eu adoro criar esses finais felizes como também gosto muito de criar os problemas no meio da história para fazer o casal lutar pelo o que ama, claro que não sou “o escritor” então irei ler muito outros tipos de gêneros para tentar absorve um pouco de cada, mesmo sabendo que o romance é o melhor, sim romance é o melhor... Descobri que a minha história de vida com a minha noiva dá uma história engraçada e interessante para uma adaptação em mundo de fantasia, já que me rendeu um conto, logo eu que tenho tantos pensamentos ao mesmo tempo e nunca conseguir seguir a diante, conseguir finalizar um conto, isso pra mim já é motivo de felicidade mesmo que futuramente eu venha achar horrível, hoje estou adorando 

Pra esse ano, estou deixando aqui que a minha fonte de inspiração na escrita, o que me faz seguir em frente é a minha noiva, conseguir sair da inercia e estou começando a andar nesse mundo novo e espero que ano que vem quando eu encontrar uma nova coisa pra falar, eu já venha compartilhar mais alguns contos, talvez uma história mais longa e coisas do tipo. 

Então isso é tudo pessoal. 

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que está lendo esse texto, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D


Conversando Sobre Inspirações Conversando Sobre Inspirações Reviewed by Edson N. B. Junior on 14:36 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.