Escolha Algo pra Perder


Aloha Pessoas. Cachecol aqui nesta tarde nublada e com cara de chuva, mesmo com o Climatempo dizendo que vai fazer sol. Hoje meus amigos iremos conversa sobre algo que veio na minha cabeça e eu comecei a questionar como seria isso colocado em prática.

Creio que muitos aqui já assistiram o anime Deadman  Wonderland ou talvez leu o mangá que na minha opinião é bem melhor. De uma maneira bem geral e resumida a história conta a vida de um rapaz que acaba caindo em um armadilha onde toda a sala dele foi morta menos ele e pra melhorar tudo ele segura esse crime, é mandado pra uma prisão de segurança máxima. E lá acontece alguns jogos onde quem perde acaba sofrendo uma punição e perdendo uma parte do corpo de maneira bem aleatória. Creio que é mais ou menos isso a história já que a preguiça de abrir e pesquisar sobre é gigantesca e faz só uns seis anos que vi o anime.

Se baseando nisso, eu trouxe uma ideia interessante pra conversamos sobre, vamos tirar esse ideia do anime e colocamos de uma maneira um pouco mais real, no entanto menos sangrenta e ver o que conseguimos tirar disso.

De uma maneira hipotética, bem hipotética, digamos que antes de você dormi, tem uma carta na sua cama, abrindo a carta tem algumas caixas de opções com algumas palavras do lado, e um título no começo da carta “Escolha Algo pra Perder”, nas opções temos: Visão, Audição, Olfato, Paladar e Tato. Qual você escolheria? Vamos levar em consideração que você não está achando engraçados, mas sim algo bem sério, depois de um tempo pensando qual opção você iria escolher?  Sendo que na mesma carta no final dela diz que se você não marca uma, vai perde tudo. Logo obrigatoriamente você teria que perde algo, algo pra sempre. Parece ser algo bobo, mas tenta imaginar sua vida sem uma dessas coisas.

Eu comecei a pensar muito sobre e fui tentando me imaginar sem por exemplo a Visão. Pra tentar entender o que eu poderia passar, eu paro pra pensar no que eu mais gosto de fazer com aquela coisa que eu perderia, no caso da visão, eu não poderia mais ler, eu sou apaixonado pela leitura, eu leio todos os dias e sem a visão eu não iria mais ler, no entanto existe áudio books certo? Porém no meu trabalho eu leio laminas no microscópio, como eu iria ler sem a visão? E minha esposa, como eu iria vê-la sorrir? Logo escolher pela visão é algo impossível.

Então se não quero perde a visão, que tal a Audição? Eu não sou de ouvir música, não é muito a minha praia, mesmo eu gostando muito de ouvir podcast não seria algo horrível perde essa habilidade de ouvir, só que assim como a visão, eu deixar de ouvir a voz calorosa da minha esposa, quando eu tiver filhos eu não poder ouvi-los, isso causa uma pequena dor no peito que é difícil de explicar, eu nem digo pela comunicação pois eu gosto de escrever e eu sei falar em libras, então não é algo que iria me limitar. Só que ainda assim não é algo que eu gostaria de perde.

Já o Olfato talvez seja o que menos me vejo com medo de uma possível perda, talvez pelo motivo de eu não usar perfumes, das pessoas do meu convívio não usarem também (já que todo mundo é alérgico) só que saber que não vou poder sentir aquele cheiro de café pela manhã, aquele cheiro de almoço que nem estando com fome já me deixa de água na boca, perde esse pequeno prazer da vida, não consigo imaginar alguém que aceitaria com facilidade.

Há mesma coisa digo do Paladar. Esse eu tenho certeza absoluta que eu não iria querer perde, nunca mais sentir o gosto de nada? Gosto do chocolate, gosto do café, saber que assim como o olfato eu não ter mais os pequenos prazeres da vida, como eu iria viver sem tal coisa? Eu poderia viver? Claro que sim, mas ainda assim vamos tentar imaginar uma vida toda, sem saber o que é o gosto do que está comendo, viver de lembranças.

Por fim, o Tato, eu tento imaginar o que é viver sem o tato, é tocar em algo e não sentir a suavidade do objeto ou a brutalidade dele? Eu optei deixar ele por último, pois eu realmente não consigo me ver sem o tato, eu não sei como é não sentir o que está tocando, não sentir o calor ou não sentir o frio daquilo, eu consigo me imaginar sem a visão, só fechar os olhos, consigo me imaginar sem audição é só tampar os ouvidos, assim como sem olfato e paladar. Agora o Tato? Nunca mais saber o que estou tocando ou simplesmente não sentir, seria algo como está sempre com as mãos dormentes? Entende como é complicado se imaginar nessa situação?

Tenta se imaginar sem uma dessas coisas, depois de ler todo esse texto, qual opção você iria marca? Porque o que fizemos aqui foi uma reflexão de como seria a minha vida sem um desses, eu particularmente não faço ideia do que iria marca. E você?

Então isso é tudo pessoal.

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que está lendo esse texto, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D

Escolha Algo pra Perder Escolha Algo pra Perder Reviewed by Edson N B Junior on 12:15 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.