O Lado bom do ASMR

Aloha Pessoas. Cachecol aqui nesta tarde nublada, porém com um mormaço que só uma praia pra salvar, final de ano está vindo com tudo mesmo. Já aproveitando também pra desejar uma ótima virada de ano pra vocês, que em 2020 venha cheio de paz e alegria, eu mais uma vez passarei no trabalho. 

Hoje irei conversa com vocês o motivo pelo qual eu gosto de ASMR, e talvez eu consiga mudar pelo menos a forma como você ver essa onda de sons baixinhos e batidas em coisas aleatórias, para uma coisa normal e não tão estranha como a internet anda viralizando. 

Eu confesso que sou uma das muitas pessoas pelo mundo que gosta de ASMR, ou no caso sente, pois eu conheço pessoas, como minha esposa que ouvir os sons já da vontade de se matar. No entanto, não sou da turma que curte todos os gêneros que há pela internet, eu gosto de alguns mais normais e vocês entenderão o motivo. 

Conheci essa onda do ASMR em mais ou menos 2013/2014 com alguns vídeos bem aleatórios e que talvez nem existem mais. Naquela época a grande onda do ASMR era basicamente mostra algumas pessoas que sabem bastante manusear algum tipo de ferramenta, um exemplo, um artesão moldando algo, ou uma carpinteiro fazendo alguma coisa. Era bem comum ter esses tipos de vídeos que nem chamados de ASMR eram, era mais algo de mostra o trabalho sendo feito mesmo, só que a sensação de paz que esses vídeos traziam pra uma galera era realmente muito boa. 

Aqui no Brasil ainda não era nem um pouco popular a ideia, até que um site fez uma matéria sobre o assunto, pois lá fora já existia os famosos roleplays que é basicamente alguém falando pra câmera, fazendo algumas perguntas e a fingindo fazer algum tipo de papel, essa ideia de ter alguém “cuidando de você” ou de dando atenção, explodiu aqui no Brasil. Foi esse site que trouxe essa matéria: Orgasmo Cerebral: O que é e como ter. Nem sei como consegui encontrar isso depois de tanto tempo. 

Depois que entendi toda a lógica por trás da coisa, comecei a pesquisar sobre o assunto e conheci alguns canais ótimos que faziam alguns gatilhos maravilhosos pra que assistia. Eu hoje, por exemplo, assisto bastante vídeos de massagem, cortes de cabelo e sons aleatórios, e por mais que parece estranho, existem alguns bizarros. 

Eu nunca fui muito além do que já costumo assisti, porém meu irmão mais novo ele gosta de caçar alguns gatilhos na qual eu costumo questionar a sanidade mental dele. Um exemplo é ver gente comendo, há quem goste disso, acho um tanto bizarro, mas há quem goste, meu irmão diz que é interessante ver uma japonesa magrinha comendo 5 kg de miojo, claro que não posso deixar de pontuar ASMR em japonês, porque coisa bizarra é com Japão mesmo, e como tem uns vídeos estranhos. Alguns roleplays também são bem anormais como fingir ser sua namorada/namorado, ou ser algum personagem de histórias fictícia que veio só pra conversa. 

Ainda assim, tem alguns pontos ótimos em ASMR, tirando toda coisa louca que existe, a ideia desses vídeos é muito boa pra quem tem problema pra dormi, ou quem sofre com ansiedade, talvez a calma ou a voz baixa que alguns vídeos costumam trazer, ajudam a pessoa a se resolver, assim como também pode causar o efeito reverso em outras pessoas, mas ai não dá pra agradar todo mundo né. 

Então isso é tudo pessoal

Obrigado por estar no meu blog.
E pra você que está lendo esse texto, sinta-se abraçado pelo Cachecol :D
O Lado bom do ASMR O Lado bom do ASMR Reviewed by Edson N B Junior on 13:18 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.