Então é Natal...


Pensa em um ano que correu rápido? Em um piscar de olhos já chegamos no dia 24 de Dezembro, eu farei um texto ainda conversando sobre 2020 e tudo que aconteceu comigo, minha opinião sobre o que foi esse ano e por ai vai, hoje iremos conversa sobre algo um pouco diferente. 


Podemos começar dizendo que estou muito feliz de estar em casa, eu sou plantonista em um laboratório de análises clínicas (hospital) e sempre tive o azar de estar de plantão nos dias de natal e ano novo, além de outras datas especiais como meu aniversário, dias dos pais e dai por diante, eu fiquei dois anos seguidos virando 24h de plantão no natal e ano novo, porém esse ano cá estou eu aqui de folga nesses dois dias, isso pra mim já é uma mini vitória. 


Um outro ponto é que sempre chove no natal, eu sei que isso não é um ponto tão importante, no entanto não poderia deixar essa oportunidade de falar isso passar pois está chovendo nesse exato momento. Agora o que realmente importa é como eu estou me sentindo em relação ao natal. 


Por volta de dois anos atrás eu me tornei um cristão, entrei de cabeça na doutrina cristã e comecei a estudar e viver em comunhão com essas pessoas, então mesmo longe eu comemorava da minha maneira o natal, eu fui criado e vivi até antes de me torna um cristão comemorando o natal como um dia de comidas e diversões, de dois anos pra cá eu já mudei meu pensamento e comecei a ter uma felicidade maior no meu peito e ter mais gratidão pela data de hoje. 


Porém como em um anime shounen onde todo mundo está vivendo sua vida feliz após uma batalha e um novo arco surgi, eu mudei novamente meu pensamento sobre essa data de hoje, no exato momento que escrevo esse post, eu me encontro afastado da igreja por inúmeros motivos pessoais que obviamente não tem motivos pra falar aqui e comecei a tentar novamente entender a ideia do natal, continuo muito grato por tudo só que agora o pensamento é um pouco diferente em relação aos dois últimos anos. 


Se antes de tudo eu só queria me juntar com a família, comer bastante e depois dormi sem preocupações, depois disso comecei a querer comer bastante com a família, agradecer pelo nascimento do meu salvador e sentir essa paz interior que a religião de entrega. Eu diria que agora, eu quero só estar com a minha família, agradecer a Deus por proteger a todos e não deixar faltar nada pois mesmo afastado eu continuo crendo em sua existência, eu diria que ter minha paz interior é a melhor coisa de tudo, claro que não posso esquecer de comer bastante pois é um ponto importante.


Natal é o dia certo para que você tome vergonha na cara e vá conversa com aquela pessoa que você tanto gosta mas que a vida acabou afastando, eu mesmo tenho um péssimo costume de perde o animo em conversas, deixo a pessoa no vácuo por horas por simplesmente não saber o que responder. Então eu tento aproveitar a data de hoje pra dizer algo como “Olha não esqueci de você, ainda gosto muito da sua compania e você é especial para mim”. Meus queridos amigos, hoje é o dia perfeito para perdoar e dá o perdão por alguém que te magoou, sai desse computador, larga esse celular e vai rir das piadas sem graça da sua família, vai dizer pra tia que os namoradinhos ou namoradinhas ainda não surgiu, não xinga o seu tio do pavé ou pacome, natal é isso gente. 


E se você faz parte daqueles que não tem ninguém para estar junto, ou não tem motivos para sorrir pois algo ruim aconteceu, eu só espero que essa fase passe, levante sua cabeça pois você realmente não nasceu para olhar pro chão, e pra chorar? Chore, mas chore muito porém chore andando de cabeça em pé, pois a dor dura uma noite, só que alegria vem pela manhã. 


Um enorme abraço do Yavo, esse ano mesmo com seus muitos altos e baixos ainda foi um ano incrível para mim. O Otaku de Cachecol alavancou muito, a chama que antes quase havia sido apagada agora queima novamente no meu coração e escrever aqui é a coisa que mais me anima, muito obrigado por isso, pois isso só aconteceu graça a vocês. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.