Akudama Drive muito melhor que Akame ga Kill

 



Antes de tudo, preciso já sinalizar que esse post vai ter spoiler de Akudama Driver e de Akame ga Kill então já sabe que se ler e souber de algo das obras não fique irritado. 


Eu recentemente terminei Akudama Driver, na verdade nem sequer tinha pego esse anime pra assistir na temporada, porém vi meu irmão comentando bem dele, alguns vídeos por alto falando bem do anime, por mais que seja da Pierrot e eu já me acostumei com os animes ruins de lá, esse me surpreendeu bastante, parece que foi feito por qualquer estúdio menos de lá. 


A história do anime não é nada grandiosa, pra falar a verdade ela é bem genérica para estilo cyber punk, sempre vai ter alguém pagando para um grupo de ladrões roubarem uma carga desconhecida de uma nave ou algum meio de transporte parecido, sempre é esse plot de história e tivermos exatamente isso no começo desse anime, a ideia era boa por isso assistir mesmo sem colocar muita fé. 


No entanto, o anime me surpreendeu bastante com a forma de contar uma história simples, mas que ao mesmo tempo faz você fica ser reação, e é inevitável que não tenha nenhuma comparação com Akame ga Kill, um anime que era pra ser muito bom, só que simplesmente se perdeu e por isso a comparação faça tanto sentido, pois sim Akudama Driver é o tipo de anime que mata todos os personagens cujo são “protagonistas” não existe um conto de fada ou coisa legal, simplesmente tem morte e ninguém sai feliz. 


Akame ga Kill fez isso antes, trouxe várias mortes em vários personagens que eu não achava necessário morrer, enquanto ao mesmo tempo criou uma vilã tão forte que optou por matá-la só de pena, quem escreveu ficou pensando bem nisso: vou matar uma galera aqui, outra ali, talvez eu até mate o protagonista e a vilã que ninguém consegue nem sequer encostar direito, vou fazê-la ser apaixonada pelo protagonista e querer morrer junto dele, claro eu vou salvar uma galera aqui e outra ali pois o publico vai curti forma esses casais. 


Tinha personagens que claramente mereciam morrer, a irmã da Akame é uma dessas que saiu praticamente morta da batalha e ficou bem, o cara que era o paladino da justiça no lugar decidiu não matá-la e na verdade se apaixonou pois todo mundo nesse anime se apaixona é um grande romance. 


Eu dei nota 3 no My Anime List, então entendam porque estou falando assim desse anime. 


Agora em Akudama Driver, as coisas são muito mais profundas e sérias, tem trezentas reflexões e questão tanto politicas como filosóficas, temos a trama principal dos dois irmãos que na verdade são frutos de experimentos para buscar de uma imortalidade e por isso eles eram mortos todos os dias e faz todo sentido a cena da mesa de cirurgia repleta de sangue, como faz para uma criança sendo ela criada em laboratório ou não, saber que sua vida foi feita através de várias pessoas. Ai temos a história da protagonista que estava vivendo uma vida “perfeita” em seu ponto de vista e que acaba entrando em uma furada e transformando-se em uma Akudama e aceitando isso super de boa, eu fiquei assistindo e tentando entender como ela só aceitou isso 


Talvez o que mais curti foi como eles criaram o mito dessa outra cidade, eles vivem em Kansai e é uma cidade repleta de caos e crimes que eles mesmo cometem, uma cidade pobre e caótica bem típica de um mundo cyber punk, contrapartida temos Kanto a cidade perfeita, onde os magnatas moram e todas ordens e coisas sérias vem de lá. O anime vai criando essa tensão e essa preocupação em torno de como realmente deve ser Kanto e o que podemos esperar de lá, no final do anime quando finalmente chegamos no lugar descobrimos que tudo está destruído, não existe Kanto, só destroços e uma grande máquina flutuante, os habitantes e toda politica transportaram suas mentes para esse reservatório e eles “vivem” ali, ai descobrimos também que os irmãos que foram roubados em forma de carga que estavam indo para Kanto, na verdade são os futuros reservatórios para essa inteligência artificial que a cidade tornou-se por isso os irmãos precisam ser imortais, pra ficar pra sempre nisso, quando você recebe essa explosão de informação você fica sem entender nada, e essa é a mágica de Akudama Driver, tanta coisa acontecendo que você só aceita tudo, completamente diferente da ideia de guerra de vários anos e rebeldes lutando nela como em Akame ga Kill 


Tem muita morte, a protagonista morre também como em Akame ga Kill, acaba sobrevivendo quem eu menos esperava e simplesmente acaba o anime, ele teve um começo mais ou menos, um meio de tirar o folego, dois episódios antes de acabar muito ruim e o episódio final que é de aplaudir de pé. 


Eu sei que não deve-se comparar animes em questão de história, se tiver que comparar que seja questões técnicas e tudo mais. E talvez nem tenha sido isso o motivo que me fez escrever aqui, eu na verdade só pontue os dois animes e mostrei ou tentei como um “bom” estúdio consegue transmitir bem uma história, o problema de Akame ga Kill não é que a história é ruim, pois não é, só que o estúdio não quis investir tanto na obra, já em Akudama foi muito bem entregue a obra e estou ansioso para talvez algum spin-off dela, pois várias pontas soltas foram jogadas. 


Conclusão desse meu pensamento sem muito pé nem cabeça, Akame ga Kill pode até ser uma obra boa, mas não soube matar direito os personagens e não conseguiu dar um carisma único pra fazer o telespecator sentir dor ao ver o personagem morrendo. Já em Akudama Driver, conseguiu fazer você amar cada vilão e gostar dele e odiar quem os matou, além de quem o plot da história é bem melhor. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.