Falando Sobre Anime - Majo no Tabitabi

 

Eu já falei aqui algumas vezes do quanto gosto de animes slice of life que trazem essa ideia da personagem viajando e conhecendo o mundo, ou só slice of life pra mim está bom. Foi ai que conheci então Majo no Tabitabi, um anime bem divertido de se assistir, com uma pegada bem leve. 


Majo no Tabitabi:


Elaina é uma bruxa carismática que decide se tornar uma viajante e atravessar o mundo todo. Visitando diversos locais, tais como países e vilas. Experimentando momentos bonitos, estranhos ou mesmo trágicos, conhecendo inúmeras pessoas e sempre criando lembranças memoráveis. 


Questões técnicas: 


Tivemos uma combinação muito boa, o diretor que é bem conhecido no universo dos animes, trazendo obras bem com esse estilo de fantasia e jogos, e do outro lado o estúdio C2C, que já trouxe alguns animes de fantasia e isekai em si. Trilha sonora bate muito bem na hora de conflitos e quando o clima acalma você consegue perceber a sua importância.. 


Um roteiro excelente também, personagens de poucas palavras mas com atitudes bem fáceis de se perceber e claro uma animação maravilhosa, eu assistir os episódios no máximo a qualidade possível e fiquei chocado com tamanha beleza praticamente na minha cara e isso porque o estúdio não é tão famoso


O que achei:


Definitivamente eu queimei minha língua com esse anime, isso é algo que gosto muito por sinal, é muito divertido quando um anime vai e me surpreende a ponto de eu mudar o que eu pensava sobre ele e me sentir até mal de ter falado alguma coisa ruim sobre antes. No caso de Majo no Tabitabi eu critiquei muito a forma como o anime está seguindo e a maneira de pensar da Elaina, a forma como ela via o mundo e tudo mais, além de que o diretor ou autor em si da obra é alguém muito perturbado pois fez coisas bizarras com os personagens secundários, colocando em situações nem um pouco normais, alguns países que a Elaina visitou poderia facilmente fazer o anime ser para maiores de 16 anos, eu só conseguia ver aquilo e cada vez mais não entende qual era intenção em passar ou o que o ele queria expressar. 


O que mais me cativou mesmo com esses altos e baixos do anime, é como a história não gira em torno só da Elaina, conseguimos ver o dia a dia de outras bruxas e a forma como cada uma resolver as situações de crise, como tem poucos personagens pra se trabalhar, conseguiram colocar bastante sentimento nos personagens e trouxe muito bem uma gama de opções, personagens como a Shaya por exemplo que é obcecada pela Elaina, poderia ser só um alivio cômico e deixar isso acontecer no natural, porém foram lá e criaram toda uma história por trás e carregaram bem a personagem de sentimento. Tal coisa foi bem utilizada no caso das mestres tanto da Elaina como da Shaya, que também são amigas e tem uma história de passado que parece até se coincidência demais. 


Eu gostei muito dessa pegada de viagem e cada país com suas regras e costumes, você vai aprendendo com a Elaina sobre tudo do mundo e vai se irritando com ela também, pois aparece cada gente maluca no caminho dela, tanto com luta como pedindo por ajuda. 


No geral um anime bem gostoso de se assistir, tem seus altos e baixos como falei, eu recomendo muito pra assistir se tiver intenção de maratona ele é a mais viável, assistir o anime como esse que precisa de uma história nova em cada episódio, deveria ser fácil, mas é difícil pois você perde o crescimento natural dela e assistir isso uma vez a cada semana é muito tiro no escuro. 


Zona de spoiler: 


Eu falei coincidência sobre as mestras se conhecerem, porém é algo que eu já esperava nesses animes, sempre tem uma forma maior que vai unir a galera, no caso isso aconteceu com as duas quando mais novas, já que não aceitavam muito uma a outra e sempre queriam fazer de alguma maneira para que a escritora do livro fosse lá e tirasse elas dele, porém só foi preciso uma missão para mudar de ideia. 


Outro ponto foi o episódio final, eu jurava de pé junto de que ele iria termina bem fechado ,a história teve um começo muito bom, depois o meio ficou meio sem pé nem cabeça e no fim ela chegou colocando o pé na mesa, mas o estúdio riu da nossa cara e disse sem querer dizer que o anime vai ter temporada nova com aquele gancho claro, que eu não sei bem se vou assistir, gostei muito de tudo, mas é muito maçante.

Agora vai ter segunda temporada sim, e vamos ter essa personagem ai que se chama Amnesia, estou ansioso para o que ela pode vim a ser, o que claro ficou bem na cara que ela vai ser aprendiz da Elaina o que eu vou gostar bastante, a Elaina teve uma evolução muito grande do primeiro episódio até o final, o que eu não comentei pois não foi um anime corrido em tempo certo, cada episódio tinha pulos, uma vez de duas semanas outra de dois meses, pois de um episódio pro outro Elaina encontra sua mestra e ficava "quanto tempo hein" e eu assistindo pensando que ela tinha acabado de se falar.


Minha nota para o MAL: 


Pelo incrível que pareça, o anime conseguiu um bom ponto e eu mesmo optei por dar 9 Cachecóis para ele, isso pois a cena do episódio final que teve pouco mais de cinco minutos de luta e coisas assim, mostrou a potencia do estúdio em fazer uma animação boa. 


Resumão de Tudo:


É um anime bem tranquilo de assistir, os três primeiros episódios são incríveis, dai do quarto episódio até o decimo primeiro você não sabe mais o que está assistindo e ai vem o episódio final e traz uma luta impactante na hora de maior caos, isso sim é algo bom pra assistir. 

Porém vai se preconceito, aceita as coisas fofinhas que acontece e tira esse seu manto de que só assisti anime shounen e lutas intermináveis. 


Confesso que espero ter ficado legal, estou escrevendo esse post com uma mão só, pois a outra está me dopando de café pra manter acordado. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.