Falando Sobre Episódio - Horimiya - 2


Mais uma semana começando e tivemos um novo episódio de Horimiya, mais um episódio pra encher nosso coração de coisas boas, pois esse anime é sensacional.

Horimiya - 2: 

Saber o nome de alguém é algo muito importante certo? Principalmente se você é amigo dessa pessoa, aqui no ocidente optamos por chamar pelo nome e muitas vezes demoramos muito pra saber o sobrenome da pessoa, se você não procurar em redes socais ou não for da mesma escola, única maneira de saber sobrenome é perguntando. No caso da Hori o que estava atrapalhando ela era saber o nome do Miyamura já que no Japão é utilizado mais o sobrenome. E o começo do episódio ficou essa caça implacável dela em descobrir o nome dele e foi uma das cenas mais engraçadas, ela espiando os garotos na hora de trocar de roupa pra educação física, depois ficou imaginando ela perguntando ele e já aceitando que seria algo estranho. Mas pra salvar ela dessa caos psicológico a sua mãe aparece.

A mãe da Hori é alguém que eu não conseguia imaginar como seria, uma mãe que foca muito no trabalho pra dar um ambiente agradável para os filhos, pensei em uma mulher seria e direta nas decisões, porém é totalmente o contrário, a mãe da Hori é fofa e engraçada, como próprio Miyamura diz parecer ser alguém jovem e queria conhecer o menino que o Shota tanto diz ser legal. Hori percebe que teria uma boa chance de saber o nome dele nesse encontro e chama Miyamura pra casa. Resumindo a situação a mãe da Hori vai trabalhar sabendo o nome dele e não conta pra filha. Ai tivemos toda aquela cena fofa dela perguntando nome dele, ele dizendo que não queria rir disso pois ela ficaria brava, mas mesmo assim acaba rindo. Miyamura Izumi entrega um papel com o seu nome pra Hori e ela diz que vai guarda caso esqueça novamente, ela poderia dizer qualquer coisa pra sinalizar que estava guardando papel, Miyamura até diz que seria legal que ela não esquecesse, pra retrucar ela pergunta se ele sabia o nome dela, e ele responde na mais pura tranquilidade do mundo. 

Mudando de cena, somos apresentados aos outros personagens, que obviamente no começo do anime não vou lembrar, mas até o fim dele eu saberei o nome de todos, temos o presidente do conselho estudantil, sua vice-presidente e a secretaria. Na hora até achei que a Hori estava fazendo parte do conselho também já que ela estava fazendo o trabalho deles, porém ao longo do episódio eu percebi que na verdade ela está “ajudando” pra não dizer que está fazendo tudo. Mas em um acidente no corredor com a Remu ou só secretária que é mais fácil de falar, ela acaba batendo de frente com Miyamura e cai vários papéis, dentre eles e orçamento de alguma coisa que não lembro. Ela diz que o Miyamura poderia jogar fora o papel, porém assim como eu na vida, Miyamura achou melhor deixar guardado. 

No dia seguinte temos o primeiro impasse do anime o que quase me fez sentir raiva do conselho estudantil, dizendo que a Hori tinha deixado de fazer algo, olha só ela ajuda e ainda estava tomando um puxão de orelha no meio do corredor com todo mundo vendo, quase fizeram ela chorar e ainda cobraram dela um pedido de desculpas. Miyamura chega no lugar e foi uma cena que eu até fiquei pouco tenso, chegou pedindo pro Toru segurar a mochila e os óculos, pensei que irar dar um soco o que por sinal na escola é proibido e contra o maior membro do conselho estudantil pior ainda. Mas foi só uma bela de uma cabeçada que depois disse ter feito só por estar bravo com ele vai ficar mexendo com a garota que o cara gosta assim de graça?. Mostrou o papel do orçamento e o conselho todo acabou pedindo desculpas pra Hori. Ai eu percebi que não teve nada muito sério e talvez não tenha isso no anime de vilões ou não, no entanto para o presidente do conselho o Miyamura é o vilão já que depois daquele dia o cara ficou traumatizado e tem medo do Miyamura. Na verdade ela só ajuda o conselho estudantil pois na época do fundamental, ela era bem malvada com o presidente, talvez ela está fazendo isso pra compensar, ou como todos ali estão imaginando, com certeza ele sabe algo muito “ruim” dela e usa isso como arma, acredito mais que ela só quer compensar tudo. 

Terminando o episódio com Toru e Miyamura jogando ping pong e conversando sobre o aniversário da Hori, o que ela gostaria ganhar de aniversário, eu mesmo fiquei na dúvida sobre presente pra alguém como ela, mas Miyamura acertou em cheio, dando um CD com todas as músicas populares para pessoas da idade deles, já que ela nunca parou pra ouvir, ela queria tanto um presente assim e o cara acertou em cheio. Além disso tivemos um momento de conversa do Shota e da Hori, sobre o relacionamento dela com Miyamura, uma amizade que vai durar até quando? Até o final da escola? Depois disso ele vai sumir? Ela com certeza não quer isso, e o Miyamura ficou todo sério dizendo “Então estamos no terceiro ano…” 

Minha nota para o episódio: 

Mas sem sombra de dúvidas que vai ser 10 Cachecóis. Esse anime merece um mundo pois ele está cada vez melhor, esse relacionamento gostoso de se assistir está sendo construído. Você percebe que ambos estão apaixonados, Miyamura está começando a ver ela com outros olhos, defendendo ela e dando presentes que sabe que ela vai gostar, já Hori só em pensar que um dia pode acabar esse momento único deles juntos na sua casa deixa ela desolada. Amor meus amigos isso é amor. 

O que esperar para o próximo episódio:

Não tivemos uma declaração nesse episódio, mas vamos colocar fé que no próximo episódio sai não só uma declaração, mas um beijo também.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.